Ciência e Saúde

Japoneses usam antiga técnica de enrolar bebês para aliviar dores

Foto: Ruptly

Diz-se que a inusitada terapia “Otonamaki” alivia dores nas costas, corrige postura e reduz estresse.

Uma antiga prática de enrolar bebês em panos vem se tornando uma terapia alternativa muito popular em Tóquio, onde adultos tem procurado esse inusitado tratamento para aliviar dores e auxiliar na correção de postura.

De acordo com uma matéria da agencia de notícias ‘Ruptly’, os pacientes são amarrados em uma espécie de saco, colocados em uma posição semelhante à de uma criança dentro do útero da mãe. Depois são balançados suavemente de um lado para o outro.

Cada sessão dura aproximadamente 20 minutos e custa cerca de 30 dólares. Segundo a matéria, a terapia chamada “Otonamaki” ajuda aliviar dores nas costas, além de auxiliar na correção da postura, atenuar o estresse e a rigidez muscular. O tratamento é bastante popular entre as mulheres no pós-parto.

A terapia foi introduzida em 2015 pela parteira japonesa Nobuko Watanabe, como uma forma alternativa de massagem para aliviar o estresse e problemas físicos. “Desde então, o tratamento Otonamaki vem se tornando uma tendência no Japão”, destaca a ‘Ruptly’.

No entanto, a técnica divide opiniões. “Simplesmente, não consigo entender como as pessoas podem se beneficiar disso”, afirmou ao portal ‘G1’ o quiroprático Shiro Oba.

Oba se mostrou cético sobre os resultados obtidos com o tratamento Otonamaki. Ele recomenda que pessoas com dores nas costas procurem um médico antes de tentar qualquer tipo de terapia não convencional.

Comentários