Ciência e Saúde

Japão amplia medidas de prevenção ao Ebola

O Ministério da Saúde decidiu ampliar as verificações em estações de quarentena em 30 aeroportos do país.

Do Mundo-Nipo

O governo japonês está expandindo suas medidas de prevenção para um eventual surto do vírus do Ebola no país, informou nesta sexta-feira (24) a emissora estatal japonesa ‘NHK’.

O Ministério da Saúde e Trabalho do Japão decidiu nesta sexta-feira ampliar as verificações em estações de quarentena em 30 aeroportos do país que recebem voos internacionais.

Todos os viajantes do exterior serão interpelados caso tenham passado por qualquer um dos países afetados pelo vírus na África Ocidental num lapso de 3 semanas antes de chegarem ao país. Isso porque o vírus do Ebola tem um período de incubação de até 3 semanas antes de manifestar na pessoa infectada.

Segundo o plano do ministério, funcionários do setor de imigração deverão checar, principalmente, viajantes que chegarem de Guiné, Libéria, Serra Leoa e República Democrática do Congo.

 

Números recentes sobre o Ebola

O número de mortos pela epidemia de ebola chegou a 4.555, segundo dados divulgados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) na última sexta-feira. No total, foram registrados 9.216 casos da doença em sete países.

Os países mais afetados são Guiné, Libéria e Serra Leoa, na África Ocidental – foram 9.191 casos e 4.546 mortes.

Nigéria, Senegal, Espanha e Estados Unidos também tiveram notificações, com 20 casos, incluindo 8 mortes na Nigéria.

Entre os mortos, estão 239 profissionais de saúde, informou a OMS.

Os números divulgados são referentes a casos contabilizados até a semana passada.

A OMS confirmou ainda que o Senegal está oficialmente livre da epidemia de Ebola, mas ressaltou que o país permanece como vulnerável a novos casos da doença.

Passaram-se 42 dias – o dobro do tempo máximo de incubação da doença, 21 dias – desde que o homem da Guiné que viajou a Dakar, no Senegal, foi diagnosticado com ebola. A OMS cumprimentou as autoridades do país por sua diligência no combate à doença.

Veja detalhes dos locais com casos de ebola:

Guiné: Foram 1.519 casos – entre confirmados, prováveis e suspeitos – e 862 mortes provocadas pelo ebola.

Libéria: Foram 4.262 casos – entre confirmados, prováveis e suspeitos – dos quais 2.484 levaram a mortes.

Serra Leoa: Foram 3.410 casos – entre confirmados, provaveis e suspeitos – e 1.200 mortes pela doença.

Nigéria: Foram 20 casos de ebola – entre confirmados e prováveis – que levaram a 8 mortes.

Senegal: Houve apenas um caso da doença e o paciente se recuperou.

Espanha: Houve um caso da doença e a paciente permanece internada.

Estados Unidos: Foram três casos diagnosticados no país: um paciente morreu e duas permanecem internadas.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*