Ciência e Saúde

Japão aprova primeira pesquisa clínica do mundo usando células iPS

As células iPS têm o potencial de se transformar em qualquer tipo de tecido do corpo ou órgão.

Do Mundo-Nipo

Um painel do governo japonês aprovou nesta quarta-feira a primeira pesquisa clínica do mundo utilizando células tronco humanas pluripotentes induzidas (iPS), que podem  se transformar em qualquer tipo de tecido humano.

 

Celulas iPS (Imagem: Kyoto University)

Celulas iPS (Imagem: Kyoto University)

 

O instituto governamental de pesquisa científica Riken e a Fundação para Investigação Biomédica e Inovação ganharam a aprovação do Ministério da Saúde para sua pesquisa clínica de uso das células iPS para regenerar retina.

O tecido será usado para restaurar a visão de pessoas que sofrem de uma grave doença ocular de degeneração macular devido a idade.

As células iPS têm o potencial de se transformar em qualquer tipo de tecido do corpo ou órgão.

O grupo vai agora começar a seleção de pacientes para o estudo já no próximo inverno.

 

Para saber mais sobre Ciência e Bem-Estar, clique em mundo-nipo.com/ciencia-e-bem-estar. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*