Culinária

Os 5 melhores modos de preparar peixe

Consumir peixes regularmente proporciona uma alimentação saudável e rica em proteínas, além de combatar vários tipos de doenças, incluindo alguns tipos de câncer.

É de conhecimento geral que o consumo de peixe é altamente benéfico à saúde, principalmente a do coração. A maneira de preparar, no entanto, é um dos fatores mais importantes para manter o peixe como um alimento saudável.

Preparar um peixe de forma inadequada pode torná-lo calórico, com maior teor de gordura saturada e, consequentemente, menos saudável.

Confira abaixo cinco dicas de como deixar o peixe mais saudável:

1. Peixe cozido
Esta é uma das melhores opções. Abster-se do uso de óleo evita gordura extra durante o preparo. Porém, o tempo de cozimento pode provocar a perda de algumas vitaminas. Para evitar, a dica é esperar a água com os temperos ferver e só depois adicionar o peixe, deixando cozinhar por 5 minutos. Assim, as vitaminas serão preservadas.

Com essa dica, você pode preparar: tainha, truta, cação, badejo, bacalhau, pescada, linguado, salmão, robalo, merluza e cambucu.

2. Peixe no vapor
Conserva todos os nutrientes do peixe. Acrescente temperos naturais como limão, pimenta, salsa, alho, azeite e sal com moderação para tornar o prato mais saboroso. Prefira os peixes de consistência mais firme como o salmão, pescada, bacalhau, atum e linguado.

3. Peixe assado
Envolva o peixe em papel manteiga para manter a textura e principalmente os nutrientes. Entre os melhores peixes para assar estão salmão, bacalhau, robalo, cambucu, tainha e peixes de água doce como dourado, pacu e pintado.

4. Peixe frito
Nesse modo de preparação, a perda dos nutrientes é maior, além de ter o percentual calórico aumentado. Prefira a manjuba, sardinha, pescada, linguado e truta. Essas espécies de peixe aderem menos ao óleo.

5. Peixe cru
É uma das melhoras formar de consumir peixe, pois preserva praticamente quase todos os nutrientes porque não passa por nenhum tipo de cozimento, levando maior vantagem quando comparado com os outros tipos de preparo. Na escolha, opte pelo salmão, atum ou robalo.

Sashimi (Foto: Mundo-Nipo/Restaurante Tanaka) Todos os direitos reservados.

Sashimi (Foto: Mundo-Nipo/Restaurante Tanaka) Todos os direitos reservados.

Entretanto, consumir peixe cru exige cuidados especiais. Na hora da compra, verifique a cor, a consistência e o odor do peixe. É de suma importância que o peixe seja fresco. No caso do salmão, que geralmente é congelado por ser um peixe importado, verifique a cor, que deve ter um tom próximo ao coral, brilhoso e livre de opacidade. O salmão em boas condições tem o aroma semelhante a melancia. Uma boa dica é passar os dedos pelo salmão e depois esfregue por alguns segundos. Se o salmão tiver fresco, sentirá um agradável odor de melancia. Confira como preparar sashimi.

Consumir peixes regularmente evita calorias, proporciona uma alimentação saudável e rica em proteínas, além de combatar vários tipos de doenças, incluindo alguns tipos de câncer.

Fonte: Ame o Coração (Companhia Becel)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários