História do Japão

Kimi Ga Yo, Hino Nacional do Japão traduzido em português

O Hino do Japão é um dos mais curtos do mundo. A letra é baseada em um antigo poema Waka do Período Heian.

Kimi Ga Yo (Reino Imperial, em tradução livre) é o Hino Nacional do Japão, um dos hinos mais curtos do mundo. A letra, que é baseada em um antigo poema Waka (poesia de 31 sílabas do século X), é de autor desconhecido e foi escrita no Período Heian, última divisão da história clássica japonesa, de 794 a 1185.

Em 1013, a canção sofreu pequenas mudanças em seu primeiro parágrafo, sendo publicadas posteriormente pela primeira vez no livro de canções Wakanroeishu.

De acordo com o portal especializado ‘Nipocultura’,  durante o Período Meiji, o hino tornou-se uma música de louvor ao Imperador. Na época, os imperadores eram considerados como deuses, descendentes diretos de Amaterasu, a Deusa do Sol, segundo a crença xintoísta. Inicialmente, Kimi Ga Yo também era uma forma de celebrar pessoas importantes e também reverenciar os idosos.

A melodia de Kimi Ga Yo foi composta em 1870-1880, quando o Japão realmente julgou necessário a criação de um hino. Logo depois, durante seis anos a canção foi abolida e substituída, voltando novamente em 1893, quando finalmente foi decretada como o Hino Nacional do Japão.

Depois da Segunda Guerra Mundial houve algumas tentativas frustradas de substituir o hino, alegando que o mesmo não era democrático. Só em 1999 Kimi Ga Yo foi reconhecido como hino oficial do país. Nos dias atuais, ele é considerado um hino de louvor ao Japão.

Letra original em japonês

Kimi ga yo wa.
Chiyo ni
Yachiyo ni
Sazare ishino,
Iwao to narite,
Kokeno mussu made

Tradução (Há duas versões em português)

Primeira
Possa o reinado do meu senhor,
Prosseguir durante uma geração,
Uma eternidade,
Até que seixos
Surjam das rochas,
Cobertas de musgo verde claro.

Segunda
Que a monarquia do Imperador
dure por milhares e milhares de gerações,
Até que o pedregulho
se torne um rochedo
E os musgos venham a cobri-lo.

Comentários