Economia

Japão insta Brasil a melhorar sistema fiscal para atrair empresas japonesas

O número de empresas japonesas no Brasil não tem aumentado ao longo dos anos.

Do Mundo-Nipo

Motegi Toshimitsu, Ministro da Economia, Comércio e Indústria (Foto: divulgação)

Motegi Toshimitsu, Ministro da Economia, Comércio e Indústria (Foto: divulgação)

O Ministro da Economia, Comércio e Indústria do Japão, Toshimitsu Motegi, instou o Brasil a melhorar o ambiente de negócios para que mais empresas japonesas sejam capazes de operar no país.

Motegi fez o pedido durante um encontro com o ministro brasileiro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, na última quinta-feira.

O número de empresas japonesas no Brasil não tem aumentado ao longo dos anos, devido principalmente ao sistema tributário complicado.

Durante a reunião, Motegi pediu a Pimentel que melhore o ambiente de negócios brasileiro, incluindo uma revisão do sistema fiscal no país.

Pimentel disse que vê o Japão como um importante parceiro comercial, mas foi evasivo quanto a revisão do sistema fiscal, apenas indicando que a carga fiscal sobre as empresas brasileiras é semelhante ao de empresas estrangeiras.

As informações são da rede NHK.

 

Para saber mais sobre Economia, clique em mundo-nipo.com/economia. Siga também oMundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*