Economia

OCDE diz que crescimento é estável mesmo com Alemanha e Japão perdendo fôlego

A organização diz que o índice de crescimento no Japão está recuando.

Do Mundo-Nipo

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) informou nesta segunda-feira (11) que o ímpeto de crescimento na maioria das principais economias desenvolvidas está estável, mesmo com Alemanha e Japão mostrando sinais de perda de fôlego.

A organização divulgou que seu indicador que cobre 33 países membros ficou inalterado em junho em 100,5, acima da média de longo prazo de 100 e o mesmo desde fevereiro deste ano.

O indicador, desenhado para apontar pontos de virada no ciclo econômico, sugere que há “ímpeto de crescimento estável” no bloco formado principalmente por países desenvolvidos.

No entanto, a entidade alertou para a perda de força do crescimento na Alemanha, onde o índice caiu para 100,2 em junho, contra 100,4 em maio; e no Japão, onde caiu a 100,1 ante 100,4 no mês anterior. Na Itália, surpreendentemente, melhorou para 101,7, sobre 101,6.

Entre as principais economias emergentes, o indicador para a China ficou inalterado enquanto Índia e Rússia tiveram perspectivas ligeiramente melhores para expansão no período.

O cenário ficou estável nos Estados Unidos, com leitura de 100,5 desde maio. Já a zona do euro, segundo a OCDE, mostrou ímpeto de crescimento estável, com a leitura inalterada em 101,0.

Fonte: Jornal GGN.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*