Economia

Preço da gasolina no Japão atinge menor valor em 7 meses

O preço médio caiu em 46 das 47 províncias do Japão e ficou abaixo de 164 ienes pela primeira vez desde março.

Do Mundo-Nipo

O preço médio da gasolina comum no Japão caiu esta semana para 163,90 ienes por litro, queda de 1,4 ienes em relação a semana passada, quando custava 165,3 ienes, marcando a décima quarta queda semanal consecutiva e ficando abaixo de 164 ienes pela primeira vez em sete meses, informou a Agência Japonesa de Recursos Naturais e Energia, uma filial do Ministério da Economia, Comércio e Indústria.

 

Posto de gasolina ENEOS, no Japão (Foto: Aflo Images)

O resultado de deve a queda global nos preços do petróleo bruto (Foto: Aflo Images)

 

De acordo com o relatório semanal da agência, divulgado na quarta-feira (22), os preços caíram em 46 das 47 províncias do Japão, com exceção da prefeitura de Kochi, onde os preços subiram 0,4 iene em média. A maior queda foi registrada na província de Okinawa, onde o preço médio caiu de 2,5 ienes por litro.

Por região, Kanto e Chugoku registraram a maior queda (1,6 iene por litro), seguida por Chubu (1,5 ienes); Kyushu e Okinawa (1,4 ienes) Kinki, Tohoku e Hokkaido (1,2 iene) e Shikoku (0,8 iene).

A gasolina especial também caiu na mesma proporção da gasolina comum, recuando 1,4 ienes em relação à semana anterior, para 174,7 ienes o litro. O óleo diesel estava custando 142,5 ienes na média, queda de 1,3 ienes.

A agência atribui o resultado a uma tendência de queda global nos preços do petróleo bruto devido, em parte, ao fraco crescimento econômico na Europa. “Essa redução nos preços do petróleo levaram os atacadistas no Japão a baixar os preços de seus produtos petrolíferos, o que tem resultado numa acentuada redução dos preços no varejo”, disse um porta-voz da agência, acrescentando que “os preços da gasolina provavelmente continuarão com o movimento de redução pelas próximas semanas.

Apesar da sequência de queda, os preços dos combustíveis no Japão continuam caros em relação ao início do ano até março, antes do aumento do imposto sobre vendas, de 5% para 8% em 1º de abril, o que levou o preço médio da gasolina a subir acentuadamente, para 164,1 ienes na primeira semana após o aumento. Na semana anterior, o preço estava em 159 ienes.

O preço de 169,9 ienes, registrado na segunda semana de julho, foi o mais alto em mais de cinco anos, desde o dia 29 de setembro de 2008, quando o preço médio chegou a 170,2 ienes. O valor, no entanto, é bem abaixo do recorde de 185,1, registrado em 4 de agosto de 2008.

== Kyodo

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*