Economia

Disponibilidade de emprego no Japão atinge maior nível em mais de 23 anos

Em maio, havia no país 119 empregos disponíveis para cada 100 candidatos.

O número de postos de trabalho abertos no Japão atingiu o nível mais alto em mais de 23 anos, enquanto a taxa de desemprego manteve-se estável em maio, mostraram dados do governo sexta-feira (26), indicando que as condições do mercado de trabalho no país continuam melhorando em meio à recuperação econômica.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social informou que a relação entre empregos e candidatos subiu 0,2 ponto porcentual, situando-se em 1,19 em maio ante 1,17 em abril, ou seja, havia no país 119 empregos disponíveis para cada 100 pessoas em busca de trabalho. Trata-se do nível mais alto desde março de 1992.

Dados preliminares do Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações mostraram que a taxa de desemprego no país ficou em 3,3% em maio, inalterada em relação a abril e em linha com as previsões de analistas.

O número de desempregados caiu para 2,18 milhões no quinto mês do ano, recuo de 0,5% na comparação com o mês anterior, em cálculo sazonalmente ajustado. Por sua vez, o número de pessoas empregadas aumentou em cerca de 20 mil, situando-se em 64 milhões em maio.

Por gênero, o índice de emprego aumentou para as mulheres no mês de relatório, enquanto a taxa de desemprego recuou 0,2 ponto percentual, para 3,0%, nível mais baixo desde fevereiro de 1995. Já o índice de desemprego para os homens aumentou 0,2 ponto, para 3,6%.

(Com Agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários