Economia

Construção de novas casas no Japão tem forte queda em janeiro

Trata-se do décimo primeiro mês consecutivo de retração.

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

O índice de construção de novas casas no Japão recuou 13% em janeiro ante o mesmo mês do ano anterior, marcando a décimo primeiro mês consecutivo de retração, mostraram dados industriais do governo nesta sexta-feira (27).

O número de habitações construídas no país no primeiro mês de 2014 totalizou 67,713 mil unidades, informou o Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo do país em um relatório preliminar.

O Ministério atribuiu a queda, em parte, a uma trégua na forte demanda vista antes da elevação na alíquota do imposto sobre o consumo, em abril do ano passado, quando a taxa subiu de 5% para 8%, marcando a primeira alta em 17 anos.

O resultado ficou acima das projeções de analistas, que aguardavam queda mediana de 11% para o primeiro mês de 2015. Em dezembro passado, o indicador recuou 14,7%.

A maior queda, no entanto, ocorreu em maio do ano passado, quando o índice sofreu forte retração de 15%, a maior já registrada no país desde 2009, em reflexo da crise financeira global que começou no final de 2008.

De acordo com o relatório do Ministério, o índice geral de construção destinadas à moradia retraiu 18,7% em janeiro. Já a construção de residências, efetuadas por construtoras e destinadas para venda, incluindo condomínios e residências unitárias, declinou 11,2%, enquanto a construção de casas destinadas à aluguel recuou 10,3%.

== Kyodo

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários