Economia

Preços ao consumidor do Japão ficam estáveis em maio

As leituras são um sinal de que os preços podem estar se movendo em direção a território positivo.

Do Mundo-Nipo

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Japão permaneceu estável em maio de 2013 na comparação com o ano anterior, segundo dados do governo nesta sexta-feira (data local).

 

Índice de preço ao consumidor - CPI (Foto: Shutterstock)

Os políticos e os bancos culpam os anos de deflação ao crescimento medíocre do Japão (Foto: Shutterstock)

 

As leituras são um sinal de que os preços podem estar se movendo em direção a território positivo, enquanto o governo busca acabar com 15 anos de queda dos preços, de acordo com a agência Kyodo.

O número estava de acordo com as previsões dos economistas, com base em uma pesquisa realizada pela Dow Jones Newswires e o jornal Nikkei. A leitura, incluindo os preços de energia, mas excluindo os alimentos frescos, veio depois de uma queda de 0,4% em abril.

Os políticos e os bancos culpam os anos de deflação ao crescimento medíocre do Japão. O Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) estabeleceu uma meta de inflação de 2% em janeiro e lançou um novo programa de flexibilização monetária em abril para atingir a meta e levar a terceira maior economia do mundo de volta ao caminho certo para um crescimento de longo prazo.

Economistas privados e do banco central concordam que o aumento dos preços não está muito longe de acontecer. O presidente do BoJ, Haruhiko Kuroda, disse no parlamento, no início deste mês, que esperava o indicador tornar-se positivo nos dados de junho.

O Conselho de política do BoJ estimou um aumento de 0,7% nos preços para ano encerrado em março de 2014, e um aumento de 1,4% no ano encerrado em março de 2015.

Em outro sinal positivo para o combate a deflação de Kuroda, é o núcleo do CPI para a área metropolitana de Tóquio, que subiu 0,2% em junho, na comparação ao mesmo período do ano anterior, após uma alta de 0,1% em maio, que foi o primeiro aumento desde março de 2009.

Os preços de Tóquio são vistos como um indicador precoce de tendências nacionais.

 

Para saber mais sobre Economia, clique em mundo-nipo.com/economia. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*