Economia

Vendas no varejo do Japão crescem pelo 4º mês seguido

O ministério atribuiu a melhora do indicador aos aumentos nas vendas de automóveis, vestuário e eletroeletrônicos.

As vendas no varejo do Japão avançaram 1,6% em julho na comparação com o mesmo mês do ano passado, marcando a quarta alta consecutiva, após uma queda acentuada de 9,7% em março deste ano, mostraram dados do governo nesta sexta-feira (28), sinalizando que a demanda dos consumidores está em fase gradual de crescimento.

Divulgados pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria, os números em julho são um sinal encorajador de que as famílias estão começando a gastar novamente após a elevação na taxa sobre consumo, de 5% para 8%, em abril de 2014, quando as vendas no varejo se enfraqueceram e causaram um esfriamento na intenção de compra dos japoneses acima do esperado pelo governo.

No trimestre entre abril e julho, o crescimento havia sido prejudicado pela demanda fraca dos consumidores em meio ao aumento lento dos salários.

As vendas especificamente nas grandes redes varejistas cresceram 2,1% em julho em relação ao ano anterior, após ajustes pela alteração no número de lojas, a primeira alta nesse indicador desde maio.

O ministério atribuiu a melhora do indicador em julho aos aumentos nas vendas de automóveis, vestuário e eletroeletrônicos.

(Com Agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários