Economia

Vendas no varejo do Japão crescem mais de 1% em agosto

É a segunda alta seguida após uma sequência de quedas nos meses de abril a junho.

As vendas no varejo do Japão em agosto subiram 1,2% ante o mesmo mês do ano anterior, marcando a segunda alta seguida após uma sequência de quedas nos meses de abril a junho, mostraram dados do governo nesta terça-feira (30), sugerindo que os gastos do consumidor está gradualmente melhorando depois do aumento no imposto sobre vendas em abril.

O resultado foi mais expressivo do que o estimado por economistas, que previam alta mediana de 0,3% na base anual após um avanço revisado para 0,6% em julho (inicialmente estimado em 0,5%). Até o final de agosto, as vendas no varejo devem totalizar 11.452 trilhões de ienes, conforme informou o Ministério da Economia, Comércio e Indústria (METI) em relatório preliminar.

As vendas de grandes varejistas avançaram 1,6% a uma taxa anualizada. Na base mensal e com ajuste sazonal, as vendas no varejo subiram 1,9%, acima das previsões de avanço de 0,5% estimadas por economistas.

Os números positivos em agosto e julho vem após um declínio de 0,6% em junho, recuo de 0,4% em maio e uma forte queda de 4,3% no ano até abril (dados revisados), quando o governo elevou o imposto sobre vendas para 8% a partir de 5% para ajudar a corrigir as deterioradas finanças públicas e atingir sua meta de inflação de 2% num prazo máximo de 2 anos, até o final do ano fiscal de 2014, que termina em março de 2015.

(Com Agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários