Esportes

Japão anuncia equipe desfalcada para enfrentar o Brasil na Copa Davis

Yuichi Sugita e Yasutaka Uchiyama formam dupla na Davis (Foto: Arquivo/Kyodo)

A estrela Nishikori e os jovens promissores Nishioka e Taro Daniel estão lesionados.

Sem poder contar com Kei Nishikori e Yoshihito Nishioka, que estão lesionados, o Japão perdeu mais um tenista para enfrentar o visitante Brasil na “repescagem” da Copa Davis, na cidade de Osaka, entre os dias 15 e 17 de setembro.

A nova ausência é de Taro Daniel, número 4 do Japão e atual 121º da ATP. Ele fez jogo duro contra Rafael Nadal e tirou set do número 1 do mundo na segunda rodada do US Open.

Estrelas da competição, o top 10 Nishikori e o jovem promissor Nishioka, de apenas 21 anos e número 118 na ATP, também desfalcam a equipe japonesa por motivo de contusão.

A lista dos convocados mostra que, apesar de desfalcado, o time japonês conta com jogadores experientes, ao contrário do Brasil, que contará com uma equipe bem jovem.

O time japonês escalado pelo novo capitão Satochi Iwabuchi será formado por Go Soeda (130º da ATP), Yasutaka Uchiyama (187º da ATP), Ben Mclachlan (136º em duplas da ATP) e Yuichi Sugita (44º da ATP), que é o único top 100 do confronto.

Também desfalcado, o Brasil não tem o favoritismo. A equipe brasileira viajará com Thiago Monteiro e Guilherme Clezar, 3º e 5º do Brasil respectivamente, para os jogos de simples. Os duplistas Bruno Soares e Marcelo Melo também viajam ao Japão para defender o Brasil.

Número 1 do Brasil, o paulista Rogério Dutra Silva ficou de fora da escalação inicial e sequer foi consultado pelo capitão João Zwetsch. Rogerinho não escondeu seu descontentamento pela atitude de Zwetsch e não aceitou ser convocado como “substituto” de Thomaz Bellucci, número 2 do país, que sofreu um rompimento no tendão de Aquiles durante o US Open.

Bellucci era treinado por Zwetsch até junho e o treinador gaúcho acompanhou Thiago Monteiro no US Open, na semana passada.

A equipe brasileira é bem jovem em comparação à japonesa. Thiago Monteiro, 23 anos, só disputou dois confrontos pelo Brasil. Clezar, por sua vez, só foi convocado uma vez e jogou apenas uma vez, em 2014. Tem 24 anos, é o número 223 do mundo e também já foi treinado por Zwetsch. Bruno, 35, e Marcelo Melo, 33, têm ampla experiência, mas só disputa um ponto, no sábado.

Ao contrário do Brasil, o time japonês possui larga experiência. Principal tenista japonês no confronto, Sugita foi convocado para 14 vezes e já disputou 15 partidas pela Copa Davis. Soma cinco vitórias e quatro derrotas em simples. Soeda, de 33 anos, já disputa a Copa Davis desde 2005. Jogou 21 confrontos e soma 23 vitórias e 10 derrotas. Uchiyama, 25 anos, é o atual número 187 do mundo e já jogou oito confrontos. O quarto representante é BenMcLachan, número 136 de duplas, de 25 anos.

Fontes: ATP World Tour | SporTV.

Comentários