Esportes

Brasileiro é iliminado nas quartas, mas consegue resultado histórico na esgrima

Guilherme Toldo venceu o atual campeão mundial (Foto: Reprodução/Reuters)

Guilherme acabou perdendo para o italiano Garozzo, mas ainda assim sua participação foi a melhor de um brasileiro na esgrima.

O brasileiro Guilherme Toldo fez história na categoria florete individual na esgrima do Jogos Olímpicos do Rio 2016. Neste domingo (7), o gaúcho, de 23 anos, chegou até as quartas de final, quando acabou eliminado pelo italiano, Daniele Garozzo por 15 a 8. Esta foi a maior campanha de um atleta masculino brasileiro na história do esporte.

Representante de um esporte sem tanto apelo popular no Brasil, Toldo fez o público da Arena Carioca 3 vibrar com a classificação para as quartas de final, após vencer três duelos. Um deles, contra Yuki Otta, campeão mundial e medalhista de prata no florete em Pequim 2012, que levou o gaúcho às oitavas. Nrdya seguinte, contra o Ka Long Cheung, do Hong Kong, expressou o placar mais elástico, de 15 a 10.

O Brasil já havia amargado a derrota, logo na estreia, de Henrique Marques, contra o egípcio Mohamed Essam. O revés, no entanto, não diminui o êxito da esgrima olímpica brasileira no Rio: a italiana naturalizada Nathalie Moellhausen chegou às quartas de final e registrou o melhor resultado do país em uma Olimpíada. Perdeu para Lauren Rembi, da França.

Fonte: O Globo.

Comentários