Esportes

Japonês por pouco não tira o ouro de Phelps nos 200m borboleta

Masato Sakai cresceu no final da prova e chegou a apenas quatro milésimos de segundos atrás do fenômeno Phelps.

O fenômeno Michael Phelps atingiu nesta terça-feira (9) a impressionante marca de 20 medalhas de ouro conquistadas em olimpíadas. Apesar de não ter chegado ao Rio de Janeiro como favorito para os 200m borboleta, o norte-americano conseguiu o ouro da modalidade.

Entretanto, a excepcional façanha de Phelps por pouco não foi tomada pelo japonês Masato Sakai, que forçou o norte-americano a partir dos 50 metros finais. O nadador do Japão acabou chegando a apenas quatro milésimos de segundos atrás do “grande campeão”, que venceu a prova com o tempo de 1m53s36.

O japonês Masato Sakai foi prata com o tempo de 1min53s40. A medalha de bronze ficou com o húngaro Tamas Kenderesi, que completou a prova em 1min53s62.

Agora, com as 24 medalhas, Phelps é o maior medalhista olímpico e o atleta com mais ouros conquistados em Jogos Olímpicos. O fenômeno é ainda o atleta que mais subiu ao posto mais alto do pódio em uma só edição dos Jogos – foram oito vezes em Pequim-2008.

O Brasil teve dois representantes na prova, Kaio Márcio e Leonardo de Deus, mas ambos foram eliminados nas semifinais.

Fonte: Rio 2016 | TV ESPN.

Comentários