Esportes

Fenômeno Kaori Icho se torna 1ª mulher tetracampeã olímpica

©Kyodo

O feito histórico ocorreu nesta quarta-feira, quando a japonesa conquistou o ouro na categoria até 58kg de luta livre.

Considerada um fenômeno da luta livre, a japonesa Kaori Icho fez história nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro ao se tornar a primeira mulher tetracampeã olímpica em uma competição individual. O feito histórico ocorreu nesta quarta-feira (17), na final da luta livre na categoria até 58kg. Ela derrotou a russa Valeriia Koblova Zholobova e conquistou a medalha de ouro na modalidade esportiva pela quarta olimpíada consecutiva.

Com a conquista no Rio 2016, Icho repetiu as campanhas de Atenas 2004, Pequim 2008 e Londres 2012, e tornou-se primeira tetracampeã em toda a história das Olimpíadas.

A lutadora é um dos grandes nomes do esporte. Além das quatro medalhas de ouro, ela é dez vezes campeã mundial, sendo que a primeira conquista veio em 2002, em Chalkida, quando Icho tinha apenas 18 anos.

Além disso, ela sustentou, entre 2003 e 2016, uma incrível invencibilidade, sem ter sido batida nenhuma vez. Em janeiro deste ano, no Grand Prix de Kranoyarsk, na Rússia, ela perdeu para Orkhon Purevdorzh, da Mongólia, sendo superada após 13 anos.

O fato de ter perdido para Purevdorzh não abalou a japonesa, de 32 anos, que chegou aos Jogos Olímpicos Rio 2016 determinada a fazer história.

Fontes: Rio 2016 | ESPN | Agência Kyodo.

Comentários