Esportes

Goeido conquista título antecipado do Torneio de Sumô de Outono

Foto: Kyodo

Amanhã, Goeido poderá se tornar o 1º lutador japonês a conquistar um título de forma invicta em mais de uma década.

O ozeki Goeido, do Japão, conquistou seu primeiro título em um torneio válido pela Copa do Imperador, após derrotar neste sábado (24) o maegashira Tamawashi e atingir a 14ª vitória em 14 dias de competição do Grande Torneio de Sumô Outono (Aki Basho) 2016, disputado em Tóquio.

Goeido manteve a invencibilidade no penúltimo dos 15 dias de competição do torneio, o que lhe confere o título com um dia de antecipação, já que o lutador melhor colocado na competição, depois de Goeido, é o maegashira Endo, que já sofreu duas derrotas.

Com a mãe presente na arena Ryogoku Kokugikan, em Tóquio, Goeido, de 30 anos, estava em lágrimas após a sua 14ª vitória consecutiva.

“Eu apenas me foquei em cada uma das lutas, sem pensar no passado ou no futuro”, disse Goeido, que amanhã pode se tornar o primeiro lutador japonês a conquistar um título com um registro perfeito (sem nenhuma derrota) em mais de uma década.

O último japonês a faturar um yusho (campeonato) de forma invícta, foi o ozeki Tochiazuma, que foi campeão no Torneio de Sumô de Ano Novo, em janeiro 2006.

“Estou me sentindo realmente muito feliz”, disse Goeido, que tentará no próximo torneio, em novembro, uma graduação ao posto maior do sumô (Yokozuna), o que ocorrerá automaticamente caso conquiste o título da competição.

O último lutador “nascido” no Japão a alcançar este seleto e dificílimo posto foi Wakanohana, que se tornou yokozuna em 1998. Já o último japonês yokozuna a se aposentar foi Takanohana, em 2003. Ele chegou ao posto em 1994 e conquistou impressionáveis 22 títulos no Makuuchi (primeira divisão do sumô). Desde então, o posto de yokozuna tem sido dominado por lutadores estrangeiros, principalmente os da Mongólia.

Enquanto isso, o brasileiro Kaisei, que este ano se tornou o primeiro latino-americano a atingir o “Sanyaku” (quadro de lutadores graduados em postos do alto escalão da primeira divisão do sumô), sofreu a nona derrota na competição, piorando assim sua participação no torneio e, consequentemente, retornará aos ranking dos maegashira.

Essa é a primeira participação “ruim” de Kaisei em um torneio desde o início do ano. Ele vinha de excelentes desempenhos. Resta agora torcer para que o brasileiro tenha uma ótima participação no torneio de novembro e retorne ao “Sanyaku”.

Veja abaixo o vídeo com as lutas de hoje (créditos: Kintamayama/YouTube):

Comentários