Esportes

Designer japonês nega plágio em logotipo da Olimpíada de Tóquio 2020

Criado por Kenjiro Sano, o logotipo de Tóquio 2020 é muito parecido com o do Teatro de Liège, na Bélgica, do designer Olivier Debie.

Do Mundo-Nipo

Kenjiro Sano, criador do polêmico emblema da Olimpíada de 2020 de Tóquio, negou nesta sexta-feira (31) que plagiou o emblema do Teatro de Liège, na Bélgica, afirmando que “jamais tinha visto outro logotipo semente à sua criação”, depois que seu colega belga ameaçou entrar com uma ação legal.

A questão de o emblema de Tóquio ser muito parecido ao do Teatro de Liège surgiu nas mídias sociais no início desta semana, depois que o designer belga, Olivier Debie, chamou atenção para o fato, o que gerou polêmica e fez com que muitos exigissem uma explicação.

Na quinta-feira (30), Debie disse estar atônito com a semelhança e que a forma das letras é quase idêntica. “Depois de ver isso [o emblema de Tóquio 2020], tive dificuldade de imaginar que os artistas gráficos que trabalharam nele nunca tivessem visto meu logotipo”, afirmou Debie, acrescentando que ele e o teatro estão consultando advogados.

Em resposta, o designer Kenjiro Sano reagiu dizendo que seu objetivo foi criar um desenho tipicamente japonês – o emblema Olímpico é uma adaptação da letra T que inclui um círculo vermelho espelhando a bandeira japonesa, localizado na ponta superior direita da letra.

“Eu não tinha absolutamente nenhum conhecimento prévio do desenho em questão, e certamente não me referi a ele quando criei o meu desenho”, disse Sano em comunicado.

Fonte: Agência Reuters | ESPN News.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários