Mais Esportes

Judô: Grand Slam de Paris inicia em meio aos recentes escândalos do judô no Japão

A despeito do escândalo sobre abusos de técnicos japoneses, o Japão manteve o favoritismo no 1º dia do torneio, conquistando 10 medalhas, enquanto o Brasil conseguiu apenas uma de prata.

A despeito do escândalo sobre abusos de técnicos japoneses, o Japão manteve o favoritismo no 1º dia do torneio, conquistando 10 medalhas, enquanto que o Brasil conseguiu apenas uma de prata.


Do Mundo-Nipo

 


saiba mais


Comitê Olímpico de Tóquio promete investigação completa sobre caso de abuso no judô


Bicampeão olímpico japonês de judô é condenado a 5 anos por violentar aluna


Técnico da equipe feminina de judô japonesa se demite ao ser acusado de abuso


O escândalo de abusos no judô, que abalou o Japão recentemente, foi um tema quente na abertura do Grand Slam de Judô em Paris, no sábado (09). É o primeiro grande torneio internacional de judô desde que estourou o escândalo no esporte japonês.

Enquanto alguns lutadores estrangeiros são da opinião de que o escândalo “prejudicou a credibilidade do judô”, outros não ficaram tão surpresos com a notícia, dando a entender que tinham conhecimento sobre os excessos praticados pelos treinadores japoneses.

Entretanto, o primeiro dia do Grand Slam de Paris foi bom para os lutadores japoneses, que faturaram dez medalhas, sendo três de ouro, mantendo a hegemonia do Japão no esporte.

 

Takato Naohisa vence a final contra o sul-coreano Jang Jin-Min (Foto: FIJ)

Takato Naohisa vence a final contra o sul-coreano Jang Jin-Min (Foto: FIJ)

 

Entre os brasileiros, a grande decepção ficou por conta da campeã olímpica Sarah Menezes, perdendo logo na segunda rodada para a francesa Laetitia Payet, que alcançou a final, mas ficou com a prata ao perder para a japonesa Haruna Asami (bi-campeã mundial). A atual campeã olímpica ainda teve a chance de alcançar o bronze, mas perdeu para a mongol Urantsetseg Munkbat.

Um dos favoritos, Felipe Kitadai (bronze na Olimpíada de Londres 2012) foi outra decepção do judô brasileiro. O medalhista olímpico, ranqueado entre os cinco melhores do mundo na categoria até 60 kg, ficou em quinto lugar ao perder na semifinal para o sul-coreano Jin-Min Jang e, depois, na repescagem para o georgiano Amiran Papinashvili.

Entretanto, a boa surpresa ficou por conta de Bruno Mendonça, que conseguiu a medalha de prata. Este foi o seu melhor resultado em grandes torneios, sendo que na carreira tem uma medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara (México).

 

Podium da categoria 73kg com Bruno Mendonça que conquistou a prata no Grand Slam de Paris (Foto: FIJ)

Podium da categoria 73kg com Bruno Mendonça (1º da esquerda para direita) que conquistou a prata no 1º dia do Grand Slam de Paris (Foto: FIJ)

 

O Grand Slam de Paris, etapa do Circuito Mundial, está reunindo 390 atletas de 55 países. O torneio marca o início dos testes de novas regras para a competição, adotadas pela Federação Internacional de Judô (FIJ). A experimentação se dará até agosto, no Campeonato Mundial do Rio de Janeiro. As novas regras incluem a pesagem na véspera das lutas e o fim do Golden Score.

 

Resultados do 1º dia do Grand Slam de Paris – sábado (09).

 

Feminino até 48 kg:

1. ASAMI, Haruna (JPN)

2. PAYET, Laetitia (FRA)

3. LABORDE, Maria Celia (CUB)

3. MUNKHBAT, Urantsetseg (MGL)

5. CLIMENCE, Aurore (FRA)

5. MENEZES, Sarah (BRA)

7. BUCHARD, Amandine (FRA)

7. CHOI, Soohee (KOR)

 

Feminino até 52 kg:

1. HASHIMOTO, Yuki (JPN)

2. KELMENDI, Majlinda (KOS)

3. CHITU, Andreea (ROU)

3. MIYAKAWA, Takumi (JPN)

5. DELSALLE, Delphine (FRA)

5. PARK, Da Sol (KOR)

7. BERMOY ACOSTA, Yanet (CUB)

7. HEYLEN, Ilse (BEL)

 

Feminino até 57 kg

1. PAVIA, Automne (FRA)

2. YAMAMOTO, Anzu (JPN)

3. OHAI, Loredana (ROU)

3. UDAKA, Nae (JPN)

5. QUADROS, Ketleyn (BRA)

5. WAECHTER, Viola (GER)

7. MONTEIRO, Telma (POR)

7. ZELTNER, Tina (AUT)

 

Feminino até 63 kg

1. AGBEGNENOU, Clarisse (FRA)

2. VAN EMDEN, Anicka (NED)

3. ABE, Kana (JPN)

3. TANAKA, Miki (JPN)

5. GERBI, Yarden (ISR)

5. TRAJDOS, Martyna (GER)

7. ESPINOSA, Maricet (CUB)

7. LOUCHEZ, Clementine (FRA)

 

Masculino até 60 kg:

1. TAKATO, Naohisa (JPN)

2. JANG, Jin-Min (KOR)

3. MUDRANOV, Beslan (RUS)

3. PAPINASHVILI, Amiran (GEO)

5. KITADAI, Felipe (BRA)

5. MILOUS, Sofiane (RA)

7. KIM, Won Jin (KOR)

7. SHUKVANI, Betkili (GEO)

 

Masculino até 66 kg:

1. LAROSE, David (FRA)

2. DAVAADORJ, Tumurkhuleg (MGL)

3. CHO, Jun-Ho (KOR)

3. TAKAJO, Tomofumi (JPN)

5. DRAGIN, Dimitri (FRA)

5. FARMONOV, Mirzahid (UZB)

7. LIM, Sergey (KAZ)

7. MUKANOV, Azamat (KAZ)

 

Masculino até 73 kg

1. KHASHBAATAR, Tsagaanbaatar (MGL)

2. MENDONCA, Bruno (BRA)

3. ELMONT, Dex (NED)

3. ONO, Shohei (JPN)

5. DARBELET, Benjamin (FRA)

5. VAN TICHELT, Dirk (BEL)

7. REKHVIASHVILI, Zebeda (GEO)

7. URANI, Florent (FRA)

 

As informações dos resultados são da Federação Internacional de Judô (FIJ).

 

Para saber mais sobre Esportes, clique em mundo-nipo.com/esportes. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*