Mais Esportes

Olimpíadas: Japão questiona decisão do COI de retirar a luta livre das Olimpíadas em 2020

O presidente da Federação de Luta Live do Japão, Tomiaki Fukuda, disse que o COI não deu “razões claras” pelas quais a modalidade está sendo removida dos Jogos em 2020.

Do Mundo-Nipo

O presidente da Federação de Luta Live do Japão, Tomiaki Fukuda, pôs em questão nesta quarta-feira a decisão do Comitê Olímpico Internacional (COI) de retirar a luta livre dos Jogos de 2020, dizendo que o órgão regulador do esporte não deu “razões claras” pelas quais a modalidade esportiva está sendo removida das Olimpíadas de 2020, informou nesta quarta-feira a imprensa japonesa.

Fukuda disse que a “luta” para manter a luta livre nos Jogos Olímpicos está longe de terminar.

“O veredicto final ainda não foi dado sobre a modalidade ser removida. Tudo vai depender de nossos esforços e ações a partir de agora”, disse Fukuda, que também é vice-presidente do Órgão Regulador Mundial de Luta Livre (FILA, na sigla em inglês). “Temos estado em Olimpíadas desde seu início, por isso havia sempre a sensação de segurança sobre o esporte”.

A luta livre foi removida da lista dos 25 “esportes principais” para os jogos em 2020, que ainda têm de ser atribuído a uma cidade anfitriã. As cidades de Tóquio, Madri e Istambul estão se oferecendo para sediar as Olimpíadas de 2020.

O Conselho Executivo do COI irá reunir-se em maio, em São Petersburgo, na Rússia, para decidir quais esportes serão propostos para inserção em 2020, antes da votação final que será realizada na Assembleia Geral do COI em setembro, em Buenos Aires, na Argentina.

O Conselho Executivo do COI chocou a comunidade mundial de luta livre na terça-feira (12) com o seu voto para cortar a modalidade dos jogos em 2020, cujo esporte remonta à primeira Olimpíada moderna, sediada na cidade de Atenas em 1896.

A luta livre agora se junta a sete outros esportes na aplicação para 2020, entre eles, uma candidatura conjunta de beisebol e softbol, squash, caratê, sports roller, wakeboard, escalada e a arte marcial wushu.

No entanto, é extremamente improvável que seja votado de volta às Olimpíadas tão cedo depois de ser removido pelo conselho executivo do COI.

Uma conferência executiva da FILA está programada para ser realizada no próximo final de semana, sábado e domingo, em Phuket, na Tailândia, para resolver a questão em vista da construção de um processo para apresentar ao conselho do COI em maio.

Fukuda questionou uma avaliação realizada pela comissão do programa do COI que analisou 39 critérios, incluindo a audiência da TV, venda de ingressos, a política de antidoping e a participação global e popularidade. A luta livre aparentemente foi classificada como “baixa” em vários critérios técnicos.

“Os motivos apresentados não foram claros. Também questiono se os números que eles têm são corretos”, disse Fukuda.

A luta livre tem sido uma rica fonte de medalhas olímpicas para o Japão em competição feminina e, a tri campeã olímpica, Saori Yoshida está tentando entrar em acordo com a decisão do COI.

“Há muitas crianças que querem ganhar medalhas em Olimpíadas e esta “decisão” poderá acabar com seus sonhos”, disse Yoshida.

 

Saori Yoshida (Foto: Adrian Dutch)

Saori Yoshida, tri campeã olímpica de luta livre nas Olimpíadas de Londres 2012.

 

Três das quatro medalhas de ouro do Japão na luta livre das Olimpíadas de Londres 2012 vieram do feminino com Saori Yoshida (55 kg), Kaori Icho (63 kg) e Hitomi Obara (48 kg).

“Eu pensei que era uma piada (quando ouvi a notícia)”, disse a atualmente aposentada Obara. “Para os atletas, não ter uma meta a ser atingida é mais difícil do que perder.”

Tatsuhiro Yonemitsu tornou-se em Londres o primeiro homem japonês a ganhar o ouro olímpico na luta livre desde 1988, quando ele coroou uma sequência de resultados impressionantes para levar o título nos 66 kg.

“Eu não sei qual o objetivo visar a partir de agora. Mas tenho que continuar tentando o meu melhor na competição”, disse Yonemitsu.

 

As informações são da Kyodo News, jornal Asahi Shimbun e do jornal Yomiuri.

 

Para saber mais sobre Esportes, clique em mundo-nipo.com/esportes. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*