Mais Esportes

Associação Japonesa de Futebol anuncia saída de Alberto Zaccheroni

A decisão já era esperada. Ontem mesmo, na coletiva após a derrota para a Colômbia, o técnico deu sinais de que estava de partida.

Do Mundo-Nipo

A Associação Japonesa de Futebol (JFA) anunciou nesta quarta-feira (25) que o italiano “Alberto Zaccheroni não mais permanecerá como técnico da Seleção Japonesa”.

 

Alberto Zaccheroni (Foto: Aflo Images)

A decisão já era esperada. Ontem mesmo, na coletiva após a derrota para a Colômbia, o técnico deu sinais de que estava de partida (Foto: Aflo Images)

 

O anúncio acontece um dia após o encerramento da decepcionante atuação dos “Samurais Azuis” na Copa do Mundo. Na terça-feira (24), Japão foi derrotado por 4 a 1 pela Colômbia, em Cuiabá, um resultado que selou a eliminação da equipe como lanterna do Grupo C, com apenas um ponto, dois gols marcados e seis sofridos.

A decisão já era esperada. Ontem mesmo, na coletiva de imprensa após a derrota para a Colômbia, o técnico deu sinais de que não iria mais permanecer à frente da seleção. Suas declarações deram a entender que estava se despedindo dos japoneses.

Além disso, o contrato de Zaccheroni, iniciado logo após o Mundial de 2010, tinha duração de quatro anos e os maus resultados no Brasil acabaram com qualquer possibilidade de renovação.

“Foi um ciclo de trabalho em que procuramos preservar a cultura do futebol japonês, que tem ótima técnica, e acrescentar um pouco de intensidade ao jogo. É um trabalho que guardarei com carinho no meu coração, foram quatro anos extraordinários, e agradeço a todos pela oportunidade de ter estado aqui”, afirmou o italiano.

“Não obtivemos o rendimento esperado, é claro, e o técnico deve assumir a responsabilidade por isso. Tenho muito orgulho desses jogadores e da vontade que eles demonstraram em campo e acho que chegou a hora de outro treinador dar prosseguimento a este trabalho”, concluiu.

Em cinco participações na Copa do Mundo, esta foi a terceira vez que um técnico estrangeiro treinou o Japão – nas outras foram o francês Philippe Troussier, em 2002, e o brasileiro Zico, em 2006; em 1998 e 2010, o comando ficou com Takeshi Okada. A delegação, com Zaccheroni, a comissão técnica, dirigentes e jogadores, deixa Itu na noite desta quarta-feira.

(Com informações da Agência Kyodo e do Globo Esporte)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe um comentário