Mais Esportes

Judô: Federação japonesa adota medidas para expulsar diretor acusado de assédio sexual

O fato tornou-se público no dia 23 de maio, através a ex-medalhista olímpica Noriko Mizoguchi.

Do Mundo-Nipo

A All Japan Federation está tomando medidas para expulsar um dos seus ex-diretores, Jiro Fukuda, acusado de assédio sexual que teriam ocorrido em 2011.

O fato tornou-se público no dia 23 de maio, quando a ex-medalhista olímpica Noriko Mizoguchi falou em um simpósio, em Tóquio, sobre um caso de assédio sexual a uma judoca top por parte do diretor.

No dia seguinte a declaração, Fukuda, de 76 anos, admitiu ter abraçado e tentado beijar uma atleta em um elevador da estação de metrô de Tóquio. A renúncia de seu cargo de diretor da federação foi apresentada na última terça-feira.

Nesta sexta-feira, a equipe especial de investigação se reuniu no Kodokan para elaborar um plano de punição a Fukuda, que foi aprovado pelo comitê de assuntos gerais da federação e será apresentado em um relatório ao Conselho de Administração, durante uma reunião no dia 11 de junho.

 

Para saber mais sobre Esportes, clique em mundo-nipo.com/esportes. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*