Sumô

Resultados do último dia do Torneio de Sumô de Kyushu 2014

Hakuho conquistou o 32º título da carreira e um lugar no livro dos recordes ao lado da lenda Taiho.

Do Mundo-Nipo

O fenômeno Hakuho alcançou a 14ª vitória após derrotar seu companheiro de posto, o yokozuna Kakuryu, neste domingo (23), último dos quinze dias de competição do Grande Torneio de Sumô de Kyushu, disputado no Fukuoka Kokusai Center, em Fukuoka, província no sul Japão. A vitória rendeu ao grande campeão o 32º título da carreira e um lugar no livro dos recordes ao lado da lenda Taiho.

Hakuho, que detinha um registro de 33 vitórias contra apenas 4 derrotas para Kakuryu, confirmou o favoritismo, indo para o ataque logo no face-off, não dando chances de defesa ou de um contra-ataque ao seu oponente. Com isso, Kakuryu foi rapidamente conduzido para fora do anel e terminou o torneio com um registro de 13 vitórias contra duas derrotas, enquanto Hakuho foi campeão com 14 vitórias contra apenas uma derrota.

Kakuryu precisaria vencer a luta para igualar-se à Hakuho em número de vitórias e assim provocar um desempate, mas o fenômeno Hakuho mostrou-se mais determinado para conquistar o título do Kyushu Basho deste ano – o quarto torneio consecutivo de Hakuho -, enquanto que Kakuryu não conseguiu vencer um único torneio desde que foi promovido a yokozuna, em abril passado.

O 32º título de Hakuho corresponde ao mesmo número de títulos conquistados pelo grande Taiho, entre os anos de 1960 e 1971, um registro que colocava o yokozuna nascido na Ucrânia como o maior vencedor da era moderna do sumô.

Entretanto, agora, o céu é o limite para Hakuho. A estimativa de especialistas do esporte é que o yokozuna, provavelmente, conquistará muitos outros títulos. Isso porque Hakuho tem apenas 29 anos e poderá atuar como profissional por mais uns cinco anos, no mínimo. O grande campeão já é considerado uma “lenda viva” do esporte nacional do Japão.

Lágrimas escorriam pelo rosto de Hakuho enquanto ele recebia a taça da “Copa do Imperador”. Hakuho ofereceu uma mensagem de agradecimento em mongol (sua língua natal) à família e aos amigos na Mongólia.

“Quero aproveitar esta ocasião para falar com meus familiares e amigos da Mongólia “, disse Hakuho em japonês antes de dirigir seus agradecimentos em sua língua natal.

“Não tenho palavras”, disse Hakuho quando perguntado sobre seus sentimentos ao ter conseguido alcançar a marca épica de Taiho. “Ser capaz de igualar o recorde deste grande yokozuna [Taiho] era a minha promessa e uma maneira de expressar o meu agradecimento à todos que me ajudaram a chegar onde estou”, concluiu Hakuho após ter recebido os vários troféus durante a cerimônia de encerramento do Kyushu Basho.

Na penúltima luta do torneio, o yokozuna Harumafuji, que ficou fora da disputa pelo título devido as perdas iniciais para Takayasu e Tochiozan, obteve uma vitória contundente sobre o ozeki Kotoshogiku, encerrando o torneio com um registro de doze vitórias contra três derrotas. Já Kotoshogiku fechou com um registro negativo de 6-9 e estará correndo perigo de rebaixamento se não conseguir uma participação positiva de, no mínimo, oito vitórias no próximo torneio, em janeiro.

O ozeki Goeido, que também estará correndo risco de rebaixamento em janeiro, arrancou bem no face-off, mas não conseguiu controlar sua energia e acabou perdendo para o companheiro de posto e compatriota, o ozeki Kisenosato. Goeido decepcionou em sua segunda competição figurando no segundo posto mais alto do sumô, e terminou o torneio com o péssimo resultado de 10 derrotas.

Kisenosato obteve 11 vitórias, um resultado que seria considerado ótimo para qualquer lutador da divisão Makuuchi, mas não para o ozeki. Isso porque ele tem buscado uma promoção à yokozuna. Entretanto, chegar ao posto maior do sumô é uma tarefa extremamente difícil. Para tanto, Kisenosato precisa vencer dois torneios seguidos ou obter um registro de, no mínimo, 13 vitórias após a conquista de um título. Ainda assim, os japoneses apostam que ele ainda pode conseguir chegar ao posto que vem sendo amplamente dominado por lutadores da Mongólia por mais de uma década.

O recém-promovido à sekiwake, Aoiyama, precisava vencer sua última luta para terminar o torneio com um registro positivo e assim garantir seu posto na competição em janeiro. E foi o que o gigante da Bulgária fez ao derrotar o maegashira nº 6 Toyonoshima, encerrando sua participação em Fukuoka, último torneio do ano, com um registro positivo de oito vitórias. Mesmo com a derrota, Toyonoshima já havia garantido oito vitórias e, portanto, também encerrou o torneio com uma participação positiva.

O outro sekiwake, Ichinojo, que também estreou no posto após uma participação surpreendente no último torneio (conseguiu treze vitórias em sua estreia na seleta divisão Makuuchi), não foi tão impressionante neste torneio, mas conseguiu garantir sua posição no posto quando alcançou a oitava vitória na véspera. Nesse último dia, no entanto, encontrou dificuldades e perdeu para o maegashira nº 3 Terunofuji em uma luta que durou mais de 2 minutos, um tempo considerado muito extenso para um combate no sumô, que normalmente dura poucos segundos.

Apesar disso, o “monstro” da Mongólia (apelido que Ichinojo ganhou devido ao seu grande porte e semblante fechado que os japoneses dizem parecer uma carranca), conseguiu outro recorde. Isso porque é a primeira vez em sete anos que um lutador consegue atingir e “manter” o posto de sekiwake logo após estrear na divisão Makuuchi.

Especialistas afirmam que Ichinojo é, definitivamente, um dos grandes nomes da nova geração do sumô e um grande candidato a ocupar, “no futuro”, o posto de yokozuna, bem como um forte rival para a nova promessa japonesa do sumô, Endo, que também estreou este ano na divisão Makuuchi e até já figurou como maegashira top no torneio passado, onde não foi tão brilhante.

Nesse torneio, porém, Endo mostrou um ótimo desempenho e terminou com o excelente registro de dez vitórias após derrotar neste domingo o maegashira Homarefuji.

O brasileiro Kaisei, que teve um péssimo início de torneio, conseguiu melhorar seu desempenho na reta final, mas não foi o suficiente para terminar com um registro positivo. Depois de surpreender ao vencer, na véspera, o ozeki Goeido, Kaisei postou neste último dia mais uma vitória contundente, derrotando o komusubi Ikioi.

Entretanto, embora tenha conseguido a quarta vitória consecutiva, o brasileiro (4º classificado entre os maegashira) encerrou sua participação com um registro negativo de sete vitórias contra oito derrotas. Com o resultado, Kaisei sofrerá uma pequena queda no ranking dos maegashira.

Com nove derrotas, Ikioi, perderá o posto de komusubi. Já o seu companheiro de posto, Takekaze, também terá o mesmo destino ou pior, podendo até mesmo ocupar classificações mais baixas entre os maegashira no próximo torneio. Isso porque o komusubi venceu apenas duas lutas das quinze que disputou.

O maegashira nº 3 Takayasu é o grande favorito à assumir um dos postos de komusubi. Isso porque o maegashira, além de ter encerrado sua participação em Fukuoka com 10 vitórias contra cinco derrotas, derrotou nada menos do que um ozeki e dois yokozuna, incluindo o grande campeão Hakuho, o que lhe rendeu um dos três prêmios especiais para o torneio, o de “Melhor Performance”.

Outro que provavelmente terá uma gorda promoção é o georgiano Tochinoshin, ranqueado em 8º entre os maegashira. Em seu primeiro torneio após quase um ano afastado da divisão Makuuchi, o excelente Tochinoshin encerrou sua participação com o expressivo registro de onze vitórias contra quatro derrotas. Embora tenha perdido neste domingo, para Takayasu, Tochinoshin recebeu o prêmio “Fighting Spirit” (Espírito de Luta).

A mesma premiação foi concedida ao veterano Kyokutenho, maegashira nº 11. Trata-se da sétima premiação deste tipo na carreira desse mongol que tem nada menos do que 40 anos.  Kyokutenho, que já conquistou um título, terminou o torneio com um registro de dez vitórias contra cinco derrotas, em um sinal de que sua excelente técnica ainda consegue superar as adversidades da idade.

 

Resultados da divisão Makuuchi (1ª divisão do sumô):

VENCEDOR                   RES   *TÉCNICA       RES   PERDEDOR
---------------------------------------------------------------------------------
Kyokutenho (maegashira 11) 10-5  yorikiri       8-7   Chiyomaru (maegashira 16)    
---------------------------------------------------------------------------------
Kotoyuki (maegashira 16)   8-7   hatakikomi     9-6   Myogiryu (maegashira 11)     
---------------------------------------------------------------------------------
Tamawashi (maegashira 10)  8-7   kotenage       9-6   Sokokurai (maegashira 14)    
---------------------------------------------------------------------------------
Kyokushuho (maegashira 15) 9-6   shitatenage    7-8   Shohozan (maegashira 10)     
---------------------------------------------------------------------------------
Chiyotairyu (maegashira 9) 9-6   tsukidashi     5-10  Amuru (maegashira 14)        
---------------------------------------------------------------------------------
Endo (maegashira 8)        10-5  tsukiotoshi    8-7   Homarefuji (maegashira 12)   
---------------------------------------------------------------------------------
Sadanoumi (maegashira 7)   7-8   yorikiri       8-7   Arawashi (maegashira 13)     
---------------------------------------------------------------------------------
Jokoryu (maegashira 6)     8-7   oshidashi      3-12  Tochinowaka (maegashira 15)  
---------------------------------------------------------------------------------
Osunaarashi (maegashira 5) 4-6-5 yorikiri       3-12  Takanoiwa (maegashira 13)    
---------------------------------------------------------------------------------
Takayasu (maegashira 3)    10-5  uwatenage      11-4  Tochinoshin (maegashira 8) 
---------------------------------------------------------------------------------
Toyohibiki (maegashira 2)  5-10  oshidashi      3-12  Kitataiki (maegashira 12)    
---------------------------------------------------------------------------------
Takarafuji (maegashira 2)  8-7   yorikiri       8-7   Okinoumi (maegashira 7)     
---------------------------------------------------------------------------------
Aminishiki (maegashira 1)  6-9   hatakikomi     4-8-3 Yoshikaze (maegashira 4)    
---------------------------------------------------------------------------------
Tochiozan (maegashira 1)   8-7   oshidashi      6-9   Chiyootori (maegashira 5)   
---------------------------------------------------------------------------------
Kaisei (maegashira 4)      7-8   yorikiri       6-9   Ikioi (Komusubi)        
---------------------------------------------------------------------------------
Takekaze (Komusubi)        2-13  yorikiri       4-11  Tokushoryu (maegashira 9)   
---------------------------------------------------------------------------------
Terunofuji (maegashira 1)  8-7   yorikiri       8-7   Ichinojo (Sekiwake)     
---------------------------------------------------------------------------------
Aoiyama (Sekiwake)         8-7   oshitaoshi     8-7   Toyonoshima (maegashira 6)  
---------------------------------------------------------------------------------
Kisenosato (Ozeki)         11-4  tsukiotoshi    5-10  Goeido (Ozeki)       
---------------------------------------------------------------------------------
Harumafuji (Yokozuna)      11-4  uwatedashinage 6-9   Kotoshogiku (Ozeki)  
---------------------------------------------------------------------------------
HAKUHO (Yokozuna)          14-1  yorikiri       12-3  Kakuryu (Yokozuna)
---------------------------------------------------------------------------------

– (RES) Significa o resultado atual de cada lutador: o número na frente representa a quantidade de vitórias e número posterior a quantidade de derrotas.
-(*) Técnica significa o nome do golpe que foi aplicado pelo vencedor contra o perdedor do combate.
-(+) Significa lutador da divisão Juryo (segunda divisão do sumô).

==Kyodo

 

Confira o vídeo com as lutas de hoje (créditos: Kintamayama/YouTube):

Ranking dos lutadores no Torneio de Sumô de Kyushu 2014.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*