Meio ambiente e Energia

Japão encerra temporada de caça à baleia com recorde “mínimo” de capturas

O Japão encerrou a temporada de caça de baleias no Ártico registrando o menor índice de capturas desde 1987.

Do Mundo-Nipo

Bob Barker e Steve Irwin (Foto: Sea Shepherd Austrália)

Bob Barker e Steve Irwin (Foto: Sea Shepherd Austrália)

O Japão encerrou a temporada de caça de baleias no Ártico registrando o menor índice de capturas desde 1987.

De acordo com o ministro da Agricultura, das Florestas e das Pescas, Yoshimasa Hayashi, no total o Japão capturou 103 baleias “para fins científicos”, menos da metadade em relação ao ano passado.

O número de capturas de baleias contrastou com os registrados entre 2005 e 2009 quando chegavam até 1200 baleias por temporada, momento em que o grupo ambiental Sea Shepherd passou a interceptar as caças.

A organização contra baleeiros informou que 75 baleias foram capturadas durante a temporada de 48 dias entre novembro e março.

Hayashi disse que a “Sea Shepherd cometeu uma sabotagem imperdoável”, se referindo ao confronto entre os do baleeiro japonês com as embarcações da ONG.

“Procuraremos o apoio de outros países para realizar esta caça científica de maneira mais estável”, declarou Hayashi, conforme informações da agência Kyodo.

Em fevereiro o ministro já havia reiterado a decisão do Japão de continuar caçando para “fins científicos”. “É uma longa tradição histórica. Nunca dissemos que todos deveriam comer baleia. Temos esta cultura, e vocês não”, afirmou.

 

Para saber mais notícias sobre Meio Ambiente, clique em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energia. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*