Meio ambiente e Energia

Japão poderá ter 10 usinas flutuantes de energia solar

A West Holdings busca atualmente um espaço concreto para construção das duas grandes usinas solares sobre água.

Do Mundo0-Nipo com agência EFE

A empresa de energia japonesa West Holdings planeja construir, no próximo ano, 10 usinas flutuantes de energia solar no Japão, que contará com uma capacidade combinada de 20.000 quilowatts, informou o jornal Nikkei nesta quarta-feira.

A empresa está estudando instalar as duas primeiras usinas solares em uma reserva de Saitama e em um pântano em Osaka, a fim de começar a produção de energia no próximo ano com 1.000 e 2.000 quilowatts.

A West Holdings busca atualmente um espaço concreto para construção das grandes usinas solares sobre água, um modelo que conta com os benefícios de abundante exposição solar e uma superfície estável.

A empresa importará a tecnologia necessária da sul-coreana LS Industrial Systems e se assegurará de que tanto a fiação como a articulação e outras partes dos painéis sejam impermeáveis.

Os painéis solares irão flutuar na água através de um sistema de boias em baixo da estrutura, um sistema que só foi utilizado no Japão para fins experimentais.

O Japão está focado em um novo plano de energia depois do acidente nuclear em Fukushima. Atualmente, o país mantém 48 dos 50 reatores nucleares desligados.

 

Agência EFE – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização prévia por escrito da Agência EFE S/A.

Comentários