Meio ambiente e Energia

Primeiras ondas do tsunami chegam ao litoral do Japão

Um tsunami de um metro atingiu hoje o litoral do município de Ishinomaki, no nordeste do Japão, após o forte terremoto que sacudiu essa região.

Da agência EFE

Tóquio, 7 dez (EFE).- Um tsunami de um metro atingiu hoje o litoral do município de Ishinomaki, no nordeste do Japão, após o forte terremoto que sacudiu essa região, sem que por enquanto se tenha informado de vítimas nem danos.

O terremoto aconteceu às 17h18 (horário local, 6h18 de Brasília) com uma intensidade de 7,3 graus Richter, segundo a Agência Meteorológica japonesa, que posteriormente detalhou que foi seguido poucos minutos depois por outro de 6,2 graus na mesma área.

A Agência Nacional de Polícia informou que, até as 18h (7h de Brasília), não tinha sido reportado nenhum ferido por causa do forte terremoto, que fez a população relembrar o devastador terremoto e tsunami que arrasou a região no dia 11 de março de 2011.

Também na cidade de Ofunato, o nível das águas subiu cerca de 20 centímetros às 18h10 (7h10), segundo a NHK.

No porto de Soma, na província de Fukushima, e no de Kuji, na vizinha Iwate, foram detectadas por sua vez altas de entre 20 e 40 centímetros.

O epicentro do terremoto foi situado no Oceano Pacífico perto de 240 quilômetros do litoral de Miyagi, onde as autoridades pediram à população do litoral para irem para áreas elevadas perante a possível chegada de um tsunami.

A Autoridade de Regulação Nuclear confirmou que não foi detectada nenhuma anomalia nas usinas nucleares do nordeste do Japão, todas elas paralisadas depois do grave acidente na central atômica de Fukushima no ano passado.

Segundo a “NHK”, o terremoto de hoje poderia ser uma réplica do tremor de 9 graus Richter do dia 11 março de 2011, já que o epicentro foi situado muito perto do daquela ocasião. EFE

 

Agência EFE – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização prévia por escrito da Agência EFE S/A.

Comentários