Meio ambiente e Energia

Terremoto no Japão deixa 9 feridos

Nove pessoas ficaram feridas por causa do terremoto de 7,3 graus.

Da agência EFE

Tóquio, 7 dez (EFE).- Nove pessoas ficaram feridas, em sua maioria de forma leve, por causa do terremoto de 7,3 graus na escala Richter que sacudiu nesta sexta-feira o nordeste do Japão, seguido de outro de 6,2 graus, e que provocou um alerta de tsunami.

Segundo a rede “NHK”, cinco pessoas ficaram feridas na província de Miyagi, entre elas uma mulher de 75 anos e um bebê de dois, que se machucaram ao cair durante o terremoto.

Também foram reportados feridos na região de Kanto, onde fica Tóquio, a maioria por contusões causadas por quedas de objetos, segundo os dados recolhidos até agora pelos serviços de bombeiros e de ambulâncias.

A Agência Meteorológica do Japão advertiu de possíveis réplicas de até 6 graus na escala Richter nos próximos dias, após o forte terremoto, que levou milhares de moradores do litoral nordeste a evacuar a região por causa do alerta de tsunami.

As redes de transporte terrestre e aéreo do Japão recuperaram em seu maior parte a normalidade duas horas depois do terremoto, que fez com que o aeroporto de Narita fechasse durante alguns minutos suas pistas, antes de retomar sua atividade habitual.

Por sua vez, a empresa Tepco indicou que os trabalhadores que estavam no interior da unidade de Fukushima Daiichi e na vizinha Fukushima Daiini se refugiaram em lugares seguros após o alarme de tsunami, sem que se tenha detectado nenhuma anomalia nas instalações. EFE

 

Agência EFE – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem a autorização prévia por escrito da Agência EFE S/A.

Comentários