Meio ambiente e Energia

Ministério da Indústria do Japão propõem reforma no sistema de energia elétrica

As reformas acabariam com monopólios, estimulando a entrada de novas fornecedoras no mercado.

Do Mundo-Nipo

Um painel do Ministério da Industria do Japão decidiu nesta sexta-feira propor ao governo um conjunto de reformas  para o sistema de energia elétrica do país.

 

Torre de energia elétrica. (Foto: SXC sotck photos)

As reformas acabariam com monopólios, estimulando a entrada de novas fornecedoras no mercado. (Foto: SXC)

 

O painel pretende permitir que famílias possam escolher seus fornecedores de energia em 2016 e que novas operadoras de geração de energia e transmissão possam entrar no mercado entre 2018 e 2020.

As reformas deverão criar um mercado mais competitivo, uma vez que permitirão a entrada de novas operadoras de energia, acabando com o monopólio das 10 fornecedoras regionais, que se mostraram vulneráveis na sequência do terremoto e tsunami de 2011, gerando a maior crise nuclear do país.

De acordo com informações da agência Kyodo, a concorrência será promovida na geração de energia e setores de varejo, enquanto redes de transmissão e distribuição, controladas por grandes operadores regionais, perdem espaço no mercado, incentivando a entrada de novos fornecedores.

 

Veja mais notícias sobre Energia em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários