Meio ambiente e Energia

Tepco enfrenta dificuldades em lidar com água radioativa de Fukushima

Cerca de 15 toneladas de água são despejadas nos reatores a cada hora para mantê-los resfriados.

Do Mundo-Nipo

Quase dois anos após o acidente nuclear na usina Fukushima Daiichi, a Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco) continua os esforços para desativar a instalação.

 

Trabalhadores descontaminando Fukushima (Imagem reprodução NHK World News)

Trabalhadores descontaminando Fukushima (Imagem reprodução NHK World News)

 

A Tepco tem usado tanques para armazenar a água contaminada usada no resfriamento dos reatores nucleares da usina.

Cerca de 3.500 funcionários continuam trabalhando no local, com o auxilio de equipamentos de proteção. Mas a região em torno da usina permanecem desertas.

Segundo informações do jornal Nikkei, em novembro, os trabalhadores irão iniciar o processo de remoção de barras de combustível irradiadas do reator 4 da usina.

Contudo, o maior desafio enfrentado pela operadora é saber como lidar com a água contaminada.

Cerca de 15 toneladas de água são despejadas nos reatores a cada hora para mantê-los resfriados. Após isso, a água é filtrada para remover o césio radioativo e colocada novamente nos reatores.

 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários