Meio ambiente e Energia

Japão eleva alerta de erupção de vulcão perto de usina nuclear recém-reativada

Agência Meteorológica do Japão alerta que há grande possibilidade de ocorrer uma erupção em grande escala.

Do Mundo-Nipo com Agências

A Agência Meteorológica do Japão (JMA, na sigla em inglês) elevou neste sábado (15) o nível de alerta de erupção do vulcão Sakurajima, localizado no sul do país e a 50 km de distância da usina nuclear de Sendai, que teve um de seus reatores reativado na última terça-feira.

O nível de alerta se encontra agora em 4 (em uma escala de 1 a 5), o que significa que os habitantes devem ficar preparados para uma possível evacuação.

“Agora a probabilidade de uma erupção em grande escala no monte Sakurajima é muito forte”, alerta a agência, pedindo aos mais de 4.000 moradores da região que tenham muita prudência.

O vulcão se situa diante da cidade litorânea de Kagoshima, localizada na província homônima e onde se encontra a central nuclear de Sendai, cujo reator número 1 foi religado na terça-feira, depois de mais de quatro anos do acidente da usina de Fukushima, devastada pelo tsunami de 11 de março de 2011.

A tragédia em Fukushima obrigou o fechamento de todas as centrais do país desde setembro de 2013. O Japão tinha 54 reatores operacionais antes da destruição de seis unidades da central de Fukushima. Dos 48 restantes, pelo menos cinco devem ser desmantelados e quatro já receberam sinal-verde da Autoridade Reguladora Nuclear (NRA, na sigla em inglês) para operar: dois reatores no complexo em Sendai, que inclui o recém-reativado, e outros dois da usina de Takahama, no oeste do Japão.

Sakurajima, uma montanha no sul da ilha de Kyushu, é um dos vulcões mais ativos do Japão e entra em erupção quase constantemente. Desde 2009, o vulcão regista entre 500 e 1000 pequenas erupções todos os anos. A agência, no entanto, alerta que há grande possibilidade de ocorrer por esses dias uma erupção em grande escala, maior que a registrada em agosto de 2013, cuja as cinzas cobriram grande parte de Kagoshima e áreas próximas.

(Com informações das agências AP e Kyodo)

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários