Meio ambiente e Energia

Usina em Aomori só será inspecionada após avaliação de falhas geológicas

As autoridades decidiram não lançar uma investigação em larga escala…

Do Mundo-Nipo

A Agência Reguladora Nuclear do Japão (ARN, na sigla em inglês) declarou nesta quarta-feira (18) que não vai iniciar as verificações de segurança de um reator nuclear  no norte do país até julgar a situação das falhas geológicas próximas ao complexo.

A Companhia de Energia Elétrica de Tohoku, que opera a usina nuclear de Higashidori, localizada na província de Aomori, solicitou na semana passada uma revisão no reator 1 do complexo, a fim de reiniciá-lo em março de 2016.

Entretanto, em fevereiro do ano passado, os especialistas da ARN compilaram um relatório que alerta sobre as falhas geológicas da região, que oferecem alto risco a usina. A Companhia de Tohoku, entretanto, insiste que as falhas estão inativas.

Nesta quarta-feira, as autoridades decidiram não lançar uma investigação em larga escala até que seus membros emitam uma opinião unificada sobre as falhas.

(Com informações da NHK News)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários