Meio ambiente e Energia

Nova ilha japonesa nascida de vulcão pode afundar e gerar tsunami, diz estudo

A ilha, que surgiu em 2013 ao sul de Tóquio, pode afundar repentinamente se a lava continuar se acumulando no lado leste.

Do Mundo-Nipo com Agências

A ilha vulcânica que apareceu no ano passado e absorveu rapidamente outra ilha que já existia, Nishinoshima, a 1.000 km ao sul de Tóquio, pode provocar um tsunami se suas camadas de lava afundarem repentinamente no mar, advertiram cientistas nesta terça-feira (19), conforme noticiou a Agência France Presse (AFP).

 

Nova olha vulcânica ao sul de Tóquio continua crescendo (Foto: Kyodo/Guarda Costeira do Japão)

A foto, tirada em julho passado, mostra as lavas que continuam saído da ilhota recém-criada (à direita), que avança sobre a Ilha Nishinoshima (à esquerda) (Foto: Kyodo/Guarda Costeira do Japão)

 

O conjunto de ilha tem agora uma extensão de 1,26 quilômetros quadrados e continua crescendo a medida em as crateras vulcânicas da ilha vão esculpindo cerca de 200 mil metros cúbicos de lava a cada dia, o equivalente ao volume de 80 piscinas olímpicas. A lava está se acumulando no leste da ilha, segundo os cientistas.

De acordo com o estudo do Instituto de Investigação Sísmica da Universidade de Tóquio, partes da ilha podem afundar se a lava continuar se acumulando no leste, o que certamente causará um tsunami.

Fukashi Maeno, professor assistente do instituto, explicou que um desprendimento de 12 milhões de metros cúbicos de água geraria um tsunami de aproximadamente um metro, que alcançaria a ilha de Chichijima (130 km) em questão de 18 minutos.

Chichijima é a maior ilha do arquipélago Ogasawara, administrado pela prefeitura de Tóquio e o lar de 2 mil pessoas.

 

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários