Meio ambiente e Energia

Reatores nucleares de Oi vão permanecer ligados após novas diretrizes de segurança

Os reatores de Oi devem continuar em funcionamento até setembro.

Do Mundo-Nipo

Usina nuclear de Oi (Foto: Kyodo)

Foto: Kyodo

A Autoridade Regulamentadora Nuclear (ARN) do Japão permitirá que apenas os dois reatores em execução no país permaneçam ativos após a implementação das novas diretrizes de segurança, em julho.

As novas medidas pela primeira vez vão obrigar as companhias de energia a reforçar a segurança contra acidentes graves, como o ocorrido em Fukushima Daiichi há 2 anos.

A entidade apresentou  um relatório sobre a avaliação de segurança do reator 3 e 4 da usina de Oi, localizada na província de Fukui, em uma reunião do painel nesta quinta-feira.

O relatório afirma que os reatores não serão seriamente afetados até mesmo por um terremoto de intensidade máxima. Mas acrescenta a ressalva de que as falhas geológicas sob a usina.

A declaração conclui que os dois reatores operados pela Companhia de Energia Elétrica de Kansai não são suscetíveis de causar imediatamente um grave problema de segurança.

A ARN vai compilar um relatório final após se reunir na próxima segunda-feira (24) com a operadora do complexo nuclear.

Os reatores de Oi devem continuar em funcionamento até setembro, quando serão desativados para verificações obrigatórias.

As informações são da rede NHK.

 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários