Economia Meio ambiente e Energia

Tarifa de energia elétrica no Japão poderá ter preço reduzido em agosto

A conta de luz dos consumidores japoneses ficará “menos cara” a partir de agosto.

Do Mundo-Nipo

As dez companhias fornecedoras de energia elétrica no Japão informaram que as tarifas de luz deverão ser reduzidas em agosto. De acordo o jornal Yomiuri, a iniciativa é consequente da queda nos preços de combustíveis importados pelas usinas termoelétricas.

A redução poderá deixar as contas de luz dos japoneses cerca de 30 ienes mais baratas, o equivalente a menos de R$ 1, um valor considerado praticamente insignificante, considerando que uma família de quatro pessoas gasta, em média, aproximadamente 8 mil ienes por mês, o equivalente a R$ 176. Mas isso dependerá de cada fornecedora, de acordo com a publicação do jornal.

As fornecedoras de gás também estudam reduzir as tarifas, o que pode acontecer ainda em agosto. No Japão, os reajustes de luz e gás precisam ser aprovados pelo governo, mas as companhias podem aumentar ou reduzir as tarifas de acordo com a oscilação dos preços dos combustíveis, como o gás natural liquefeito.

Nos últimos três anos, as tarifas de luz têm aumentado constantemente por causa da desativação de todas as usinas nucleares após a tragédia em março de 2013, quando o tsunami gerado pelo terremoto de 9 graus de magnitude atingiu os reatores da usina Fukushima Daiichi, causando a pior crise nuclear desde Chernobyl.

(Com informações da Revista Alternativa / via jornal Yomiuri)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários