Meio ambiente e Energia

Sea Shepherd entra com processo contra baleeiros do Japão

A Sea Shepherd alega tentativa de homicídio e pirataria.

Do Mundo-Nipo

Bob Barker e Steve Irwin (Foto: Sea Shepherd Austrália)

Bob Barker e Steve Irwin (Foto: Sea Shepherd Austrália)

O grupo ambientalista Sea Shepherd entrou com um processo contra a tripulação do navio baleeiro japonês Nisshin Maru, alegando tentativa de homicídio e pirataria, informaram advogados na quinta-feira.

Segundo informações da agência AFP, os advogados  Liesbeth Zegveld e Tomasz Kodrzycki apresentaram um processo indicando uma “ação de violência, pirataria e destruição e tentativa de homicídio, nos dias 20 e 25 de fevereiro, pelo Capitão Tomoyuki Ogawa e o resto da tripulação”.

“Em 20 de fevereiro e 25, os barcos da Sea Shepherd foram capazes de impedir uma operação de reabastecimento ilegal pelo Nisshin Maru”, disseram os advogados em comunicado.

O documento apresentado a Justiça diz que a tripulação do Nisshin Maru usou água para inundar a sala de máquinas dos navios e sabotar os motores, além de jogarem explosivos.

O processo foi aberto em um tribunal da Holanda, uma vez que os navios do grupo, o Steve Irwin e Bob Barker, têm bandeira holandesa.

 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário

*