Meio ambiente e Energia

Após série de problemas, tratamento de água é retomado na usina em Fukushima

Todas as linhas do sistema ALPS, principal método de tratamento da água contaminada, voltaram a operar plenamente.

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

A Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco, na sigla em inglês) informou que o sistema de tratamento da água contaminada no danificado complexo nuclear Fukushima Daiichi voltou a operar após ter sido afetado por uma série de problemas.

 

SistemaALPS de tratamento de água contaminada (Imagem: Reprodução/NHK)

Todas as linhas do sistema ALPS, principal método de tratamento da água contaminada, voltaram a operar plenamente (Imagem: Reprodução/NHK)

 

O Sistema de Processamento de Líquidos Avançado (ALPS, na sigla em inglês) estava em fase de teste após suas três linhas de tratamento ter sido suspensa por problemas nos filtros, em 20 de maio.  Duas delas, no entanto, foram posteriormente reativadas.

A Tepco disse que a linha restante retomou as operações no domingo (23) depois que seus filtros foram substituídos, fazendo com que todas as três linhas do sistema voltassem aperar juntas pela primeira vez desde março. Inicialmente, o plano era ter o sistema totalmente operacional em abril, mas, segundo a operadora, uma série de problemas causou o atraso.

O sistema ALPS é a principal instalação do complexo para descontaminar a água, podendo remover quase todas as substâncias radioativas, até 750 toneladas de água por dia, conforme assinalou a operadora em um comunicado.

Entretanto, embora as três linhas estejam online novamente, duas delas serão temporariamente interrompidas no próximo mês. De acordo com a Tepco, ainda há problemas que precisam ser sanados. Um deles é a corrosão nas tubulações, causado ​​pela radiação, entre outros fatores relacionados.

(Com Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários