Meio ambiente e Energia

Japão vai abandonar meta de redução de 25% de CO2

Japão pretende anunciar uma nova meta na próxima conferência climática da ONU em novembro.

Do Mundo-Nipo

O governo japonês vai anunciar para Organização das Nações Unidas (ONU) no próximo mês que o Japão não será capaz de cumprir a meta de redução de emissão de gases causadores do aquecimento global em 25% até 2020.

Segundo informações do jornal econômico Nikkei, a notificação será apresentada por escrito, juntamente com a promessa de continuar os esforços para redução de CO2.

O Japão pretende anunciar uma nova meta na próxima conferência climática da ONU em novembro, que será realizada no Polônia.

A ação segue uma mudança dramática no setor de energia do Japão, que enfrenta uma crise nuclear desde que o terremoto e tsunami de 2011 atingiram o nordeste do país.

Enquanto a maioria dos reatores nucleares permanecem desativados devido a crise na usina Fukushima Daiichi, operadoras de energia tem investido em combustíveis fósseis para atender a demande de eletricidade, o que torna impossível para o Japão atingir a meta introduzida antes do desastre.

 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente e Energia em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários