Meio ambiente e Energia

Japão deve ratificar tratado sobre compensação por danos nucleares

O tratado visa dividir responsabilidade com outros países na indenização em caso de ocorrência de acidentes nucleares.

Do Mundo-Nipo

O governo japonês tentará obter a aprovação no Parlamento de um tratado que visa dividir responsabilidade com outros países na indenização em caso de ocorrência de acidentes nucleares, informou a emissora pública ‘NHK’.

 

Explosão de hidrôgenio no segundo reator da usina em Fukushima (Foto: Arquivo/Kyodo)

A foto mostra chamas e fumaça provocadas pela explosão de hidrogênio no segundo reator da usina Fukushima Daiichi, em março de 2011 (Foto: Arquivo/Kyodo)

 

Em comunicado emitido na sexta-feira (24), após uma reunião do gabinete, o governo informou que pretende apresentar o Tratado da Convenção sobre Compensação Suplementar por Danos Nucleares durante a atual sessão do Parlamento.

Cinco países, incluindo os Estados Unidos, já assinaram o tratado que só entrará em vigor após ser ratificado pelo Japão.

Segundo o documento, cada país signatário deverá desembolsar pelo menos 430 milhões de dólares, equivalente a 1,070 bilhão de reais atuais, em caso de ocorrência de um desastre nuclear.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários