Meio ambiente e Energia

Acionistas de companhias de energia do Japão rejeitam proposta anti-nuclear

Quatro das nove empresas estão se preparando para reiniciar suas seis usinas nucleares.

Do Mundo-Nipo

Nove companhias de energia do Japão que possuem usinas nucleares realizaram reuniões com seus acionistas nesta quarta-feira.

Executivos de todas as companhias de energia disseram que a suspensão das operações nas usinas nucleares tiveram um grande impacto sobre seus negócios devido ao aumento do custo de combustível para geração de energia térmica.

Quatro das nove empresas, incluindo a Companhia de Shikoku e a Companhia de Kansai, estão se preparando para reiniciar suas seis usinas nucleares.

Na reunião da Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco), que opera a usina Fukushima Daiichi, um grupo de 450 acionistas que se opõem à energia nuclear apresentou uma lista de nove propostas.

Eles exigiram que a empresa se desfaça das usinas nucleares em Fukushima e Niigata, bem como corte os salários dos funcionários e membros do conselho. Mas suas propostas foram rejeitadas pela maioria dos acionistas. Propostas semelhantes já foram feitas em reuniões de outros companhias e também foram rejeitadas.

A líder do grupo de acionistas anti-nuclear da Tepco, Yui Kimura, disse que é importante continuar a tentar reformar a cultura corporativa da empresa. Ela disse que os acionistas têm responsabilidade pela crise nuclear em Fukushima Daiichi, e que, a este respeito, eles são diferentes dos acionistas de outras empresas.

As informações são da rede NHK.

 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários