Meio ambiente e Energia

Oficiais norte-americanos processam Tepco por radiação de Fukushima

A Companhia de Energia de Tóquio disse que não irá comentar o caso devido a falta de detalhes da acusação.

Do Mundo-Nipo

Um grupo de oficiais navais dos Estados Unidos está processando a Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco), operadora da usina nuclear Fukushima 1, afirmando terem sido expostos à radiação após a empresa emitir informação enganosa.

A ação, movida no tribunal federal dos EUA, em San Diego, na última sexta-feira, afirma que oito marinheiros foram expostos à radiação da usina e têm o risco de desenvolvimento de câncer aumentado.

Os oficiais afirmam que estavam abordo do porta aviões USS Ronald Reagan no Oceano Pacífico ao largo de Fukushima, logo após o acidente, para ajudar na Operação Tomodachi, de acordo com informações da NHK World News.

O documento ainda afirma que a Tepco deturpou o perigo do acidente nuclear, dando ao EUA uma falsa segurança para realização da operação.

Os oficiais exigem um pagamento de 10 milhões de dólares de indenização, totalizando 220 milhões de dólares. Entretanto, a queixa não apresenta detalhes sobre os níveis de exposição ou medida de risco do desenvolvimento de câncer.

A Companhia de Energia de Tóquio disse que não irá comentar o caso devido a falta de detalhes da acusação.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários