Meio ambiente e Energia

Tepco vai adotar medidas para evitar aumento de água radioativa em Fukushima Daiichi

As medidas visam reduzir gradualmente o fluxo de águas subterrâneas e pará-lo no prazo de oito anos.

Do Mundo-Nipo

Reator 2 de Fukushima Daiichi, antes e depois (Foto: Aflo Images)

Reator 2 de Fukushima Daiichi, antes e depois (Foto: Aflo Images)

A Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco) informou nesta quinta-feira que vai tomar medidas para impedir que a água radioativa nos edifícios da usina Fukushima Daiichi aumente ainda mais.

Segundo informações da agência Kyodo, membros de um painel do governo pediram a construção de um muro  congelado em torno dos reatores para evitar a infiltração de água subterrânea.

A quantidade de água radioativa está aumentando em 400 mil toneladas por dia, devido ao fluxo de águas subterrâneas. Este aumenta leva a Tepco a temer ficar sem capacidade de armazenamento para tal líquido nas instalações da usina.

O painel pediu a operadora da usina para congelar o chão em torno dos edifícios de quatro reatores, a fim de criar um muro de proteção.

Os especialistas instaram a Tepco a implementar a medida até o meio do ano de 2015, bem como bombear água subterrânea para poços vizinhos e liberá-la no oceano.

As medidas visam reduzir gradualmente o fluxo de águas subterrâneas e pará-lo no prazo de oito anos.

 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente e Energia em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários