Meteorologia

Tufão Neoguri se transforma em tempestade tropical e atinge a ilha de Kyushu

O Neoguri, que já deixou 6 mortos e mais de 40 feridos, obrigou hoje à retirada de 30 mil pessoas na ilha de Kyushu.

Do Mundo-Nipo

Tufão Neoguri atinge Kyushu (Imagem: Reprodução/JMA)

Tufão Neoguri atinge Kyushu (Imagem: Reprodução/JMA)

O tufão Neoguri, que se converteu em tempestade tropical, fez pelo menos 6 mortos e mais de 40 feridos no Japão, obrigando hoje à retirada de cerca de 30 mil pessoas na ilha de Kyushu (sudoeste), onde, nesta madrugada, tocou terra.

Após causar inundações em Okinawa, onde 32 pessoas ficaram feridas e houve queda de energia generalizada. A tempestade também elevou os níveis de chuva em outras partes do arquipélago japonês.

O Neoguri (oitavo tufão da temporada no Pacífico) é um dos mais fortes a atingir o Japão durante o verão. Ele chegou como tempestade tropical à ilha de Kyushu na manhã desta quinta-feira, com projeção de avançar pela costa pacífica para cidades maiores, como Osaka, Kyoto e Tóquio.

A prefeitura de Fukuoka, em Kyushu, emitiu alertas de fortes ventos, marés elevadas e chuvas pesadas. O governo local aconselhou a população a permanecer dentro de casa. A tempestade chegou a localidade de Akune, na província de Kagoshima, por volta das 07h desta quinta-feira (19h de quarta pelo horário de Brasília)

As fortes chuvas causaram repetidos ‘apagões’. Segundo a emissora pública NHK, pelo menos 8.000 casas permanecem sem eletricidade nas ilhas de Kyushu e Okinawa.

O fenômeno Neoguri atingiu a cidade de Okinawa, no extremo sul do Japão, na terça-feira. Até então ele era considerado um tufão, mas após perder força foi rebaixado a tempestade tropical na quarta-feira. Segundo o governo de Okinawa, o tufão provocou as chuvas mais pesadas em meio século, sendo que no auge dele mais de 105 mil casas estavam sem energia.

Nesta quinta-feira, o Neoguri apresentava ventos sustentáveis de 93 quilômetros por hora, segundo dados da Agência Meteorológica do Japão (JMA).

Nesta quinta-feira, um levantamento feito pela emissora NHK indicou que pelo menos seis pessoas morreram no Japão nos últimos dois dias por causa dos efeitos do tufão.

Em Nagiso (Nagano), um menino de 12 anos morreu na tarde de quarta-feira após um deslizamento de terra. Ele estava em casa com a mãe e dois irmãos, que sofreram ferimentos, mas passam bem.

Em Seiyo (Ehime), um homem de 77 anos foi encontrado caído em uma vala inundada de água, na manhã desta quinta-feira. De forma parecida, um idoso de 83 anos também morreu em Koriyama (Fukushima), na quarta-feira.

Um pescador de 62 anos caiu no mar e morreu após enormes ondar ter virado seu barco, em Otsuki (Kochi), na manhã da última terça-feira.

Na ilha de Miyako (Okinawa), três homens estavam nadando no mar e foram levados por uma correnteza, na manhã desta quinta-feira. Dois deles morreram. O tufão já tinha passado pelo local, mas o mar ainda estava agitado.

O levantamento da NHK mostra que 46 pessoas ficaram feridas  nas províncias de Okinawa, Kochi, Miyazaki, Kagoshima, Nagano, Fukuoka, Nagasaki e Oita.

Na província de Kochi, pelo menos 24 casas foram destelhadas e tiveram as janelas quebradas pelas fortes rajadas de vento, nesta quinta-feira. Cinco estufas também caíram.

O mais recente boletim da Agência Meteorológica do Japão, divulgado às 14h35 desta quinta-feira (02h45 de Brasília), informa que a tempestade tropical Neoguri está ao sul de Shikoku e se desloca a uma velocidade de 40 km/h em direção leste-nordeste.

O Neoguri, classificado atualmente como “forte” após estar no nível “super forte” até quarta-feira, tem ventos sustentados de 90 km/h (25 m/s), com picos de até 126 km/h (35 m/s).

(Com informações: NHK News/Agência Kyodo/The Japan Time)

*Veja como está o Tempo no Japão neste momento.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários