Meteorologia

Tufão Halong deixa 4 mortos e dezenas de feridos no Japão

O tufão deve chegar ao Mar do Japão até a terça-feira, após atravessar o centro e o oeste do país.

Do Mundo-Nipo

O poderoso tufão Halong deixou pelo menos quatro mortos e dezenas de feridos em sua passagem pelas regiões de Kyushu e Shikoku (sul e sudoeste) do Japão neste domingo (10). Segundo a Agência Meteorológica do Japão (JMA) os fortes ventos e a intensa chuva deverão continuar até a segunda-feira.

 

O tufão Halong deixou o mar revolta e ondas gigantescas castigam a costa da província de Wakayama (Foto: Kyodo)

O tufão Halong deixou o mar revolta e ondas gigantescas castigam a costa da província de Wakayama (Foto: Kyodo)

 

O 11º tufão da temporada chegou na manhã de sábado nas regiões sul e oeste do país. Por volta das 8h deste domingo (20h de sábado pelo horário de Brasília), ele estava a cerca de 50 quilômetros ao sul da prefeitura de Hokushima, ilha de Shikoku, e viajava para o noroeste a uma velocidade de 20 km/h.

As intensas chuvas e ventos de até 200 km/h registrados ontem provocaram o cancelamento de pelo menos 600 voos no sudeste do país, a maioria deles operados pelas duas principais companhias japonesas, Japan Airlines (JAL) e All Nippon Airways (ANA).

Os cancelamentos afetaram mais de 20 mil pessoas, já que esta é uma época de vários deslocamentos domésticos pelo começo da tradicional festividade japonesa, “Obon”, que celebra os mortos. Outros cem voos foram suspensos hoje, conforme informou a Agência Kyodo.

As inundações e deslocamentos de terra causados pelo tufão deixaram pelo menos quatro mortos, entre eles um homem de 78 anos na prefeitura de Iwate (noroeste), que foi arrastado pela água que transbordou de um canal de irrigação.

Vários municípios de Mie, no centro do país, declararam alerta por causa das fortes chuvas e retiraram três mil moradores de suas casas. A província está sendo uma das mais castigadas, com inundações e vários deslizamentos de terra.

Na província de Wakayama (sudoeste), equipes de resgate procuram por um homem desaparecido enquanto praticava surfe. A emissora pública NHK mostrou imagens de grandes ondas provocadas pelo fenômeno. A emissora noticiou também que as tempestades deixaram 4 mortos e 59 feridos em todo o país.

No sábado, mais de 4 mil residências ficaram sem eletricidade devido a apagões nas províncias de Kagoshima, Miyazaki, Ehime e Oita. Halong também causou fortes danos em dezenas de casas nas províncias de Wakayama, Kumamoto, Miyazaki e Kagoshima.

As precipitações poderão alcançar hoje entre 250 e 500 milímetros em diversas regiões do centro e do norte do país, e chegarão a 300 milímetros na região de Kanto, no leste, onde fica a área metropolitana de Tóquio, segundo as previsões da Agência Meteorológica japonesa.

De acordo com as previsões da agência, o tufão deve chegar ao Mar do Japão entre segunda e terça-feira, após atravessar o centro e o oeste do país.

Halong chega um mês depois que o tufão Neoguri causou várias mortes no sul do Japão.

(Com informações da NHK News e Agência Kyodo)

O deslocamento do tufão pode ser acompanhado em tempo real no site da Agência Meteorológica do Japão.

*Veja como está o Tempo no Japão neste momento.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários