Notícias

Confira como a chegada de 2017 foi celebrada no Japão

Celebração de Ano Novo no Japão em 2017 (Foto: Koji Sasahara)

Milhares se aglomeraram em um cruzamento em frente à estação de Shibuya para celebrar a chegada do novo ano.

O Ano Novo no Japão iniciou às 13h00 de sábado (31) pelo horário de Brasília (00h00 de domingo, 1º de janeiro, no Japão), em vista que há uma diferença de 11 horas entre os dois países durante o horário de verão brasileiro.

Segundo a emissora pública ‘NHK’, milhares de pessoas fizeram a contagem regressiva para a chegada do novo ano em torno de uma estação ferroviária da região central de Tóquio.

A polícia da capital japonesa proibiu a passagem de veículos em um movimentado cruzamento diante da estação de Shibuya. Com a aproximação da meia-noite, as ruas da área ficaram superlotadas de residentes locais e turistas tanto estrangeiros como de outras partes do Japão.

Segundo  jornal ‘The Japan Times’, o Departamento de Polícia Metropolitana de Tóquio mobilizou centenas de policiais para prevenir  incidentes, incluindo atos de terrorismo no distrito, que é um dos pontos mais populares entre os jovens da capital japonesa. Nenhum problema grave foi registrado.

Os organizadores da concentração em Shibuya afirmaram à ‘NHK’ que aproximadamente 67 mil pessoas se aglomeraram para a contagem regressiva.

Já em um santuário próximo, um grande público deu as boas-vindas ao novo ano em estilo mais sóbrio e tradicional. Com o soar de um grande tambor que assinalava a passagem do ano, vários presentes lançaram moedas em um grande cercado e também fizeram orações.

“Pedi para que 2017 seja um ano de paz e prosperidade no mundo”, disse um jovem residente de Tóquio à agência de notícias ‘Kyodo’.

Em um hotel na capital japonesa, a celebração ocorreu de forma diferente. Uma multidão segurava balões brancos para soltar exatamente à meia-noite de 1º de janeiro. Os céus noturnos de Tóquio foram tomados por esses pequenos balões de gás. Esse tipo de celebração surgiu há algumas décadas no Japão, uma forma alternativa de representar as tradicionais pombas brancas, símbolo da paz.

Localizada em Sumida, distrito de Tóquio,  a famosa torre Tokyo Skytree, a segunda mais alta edificação do mundo, explodiu em coloridos fogos de artifícios às 00h locais de 1º de janeiro.

Celebração do Ano Novo no Japão
A forma de comemoração no Japão é diferente. Isso porque os japoneses celebram a chegada do novo ano com o badalar dos sinos dos templos, um ritual budista que substitui os conhecidos fogos de artifícios.

São 107 badaladas ainda no ano velho para só então a 108º badalada tocar e anunciar o novo ano. O ritual budista é uma forma de espantar os maus espíritos, se redimir dos pedados e começar o ano com o coração puro.

As 108 badaladas têm um significado especial na tradição dos templos budistas, onde acredita-se que há 108 pecados dos seres humanos. Diz-se que, quando o sino chega ao 108º toque, ele ajuda as pessoas a aliviar seus pecados, desejos mundanos e a progredir na vida.

O dia 1º de janeiro é muito importante para os japoneses, que iniciam sua primeira visita do ano aos santuários. Essas visitas, que é um rito budista, tradicionalmente ocorrem entre o dias 31 de dezembro e 3 de janeiro.

Entretanto, o Santuário Meiji, em Tóquio, atrai mais visitantes nesta ocasião do que qualquer outro santuário ou templo no Japão. Todos os anos, cerca de 3 milhões de pessoas visitam o Santuário Meiji durante os primeiros 3 dias de janeiro.

Veja como foi a comemoração em Shibuya:

Comentários