Notícias

Voluntários japoneses recebem prêmio por contribuição à Ásia

Ramon Magsaysay Awardees 2016 / Reprodução

Chamado de “Nobel da Ásia”, o prêmio Ramon Magsaysay é concedido aqueles que contribuem para a paz e o desenvolvimento da Ásia.

Um grupo de jovens japoneses membro do programa “Japan Overseas Cooperation Volunteers” (Voluntários do Japão para Cooperação Exterior, na tradução livre), mantido pelo governo japonês, recebeu na quarta-feira (31) o Prêmio Ramon Magsaysay deste ano, um importante prêmio criado nas Filipinas e concedido aos que se destacam com seus esforços para o desenvolvimento do Continente Asiático.

A cerimônia de entrega foi realizada em Manila, capital das Filipinas, na qual o grupo japonês foi uma das três entidades a receber a honraria este ano. O mesmo prêmio também foi concedido a três indivíduos distintos.

Criado nas Filipinas, o prêmio tem sido chamado de “Nobel da Ásia”. Ele é concedido a indivíduos e a entidades por contribuições à paz e ao desenvolvimento na Ásia.

O programa Voluntários do Japão para Cooperação Exterior, administrado pela Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), envia para nações em desenvolvimento japoneses com idades entre 20 e 39 anos, com conhecimentos especializados em uma grande variedade de áreas, como ensino e agricultura.

Desde o lançamento do programa, em 1965, mais de 12 mil voluntários já foram despachados para diversas nações da Ásia.

A fundação do Prêmio Ramon Magsaysay destacou que “o programa japonês tem demonstrado, ao longo de mais de cinco décadas, que, quando vivem, trabalham e pensam juntas, as pessoas estabelecem os verdadeiros alicerces da paz e da solidariedade internacional”.

Fonte: NHK News Japan.

Comentários