Notícias

Produção industrial do Japão registra a maior alta em 7 anos

Zona industrial em Shizuoka | Asahi Images

A forte expansão sinaliza que a produção das fábricas retomou o caminho do crescimento.

A produção industrial do Japão em fevereiro se recuperou de uma forte queda no mês anterior, subindo ao seu maior percentual em quase sete anos, mostraram dados do governo divulgados na última sexta-feira.

A produção das indústrias japonesas saltou 4,1% em fevereiro em relação ao mês anterior, após queda de 6,8% em janeiro ante dezembro, de acordo com o relatório preliminar do Ministério da Economia, Comércio e Indústria (METI).

Embora o ganho de fevereiro tenha sido menor do que o aumento de 5,0% esperado pelos economistas consultados pelo jornal “Nikkei”, mas ainda assim foi o mais alto em quase sete anos.

A forte expansão da produção japonesa foi liderada por fortes ganhos de manufatura de automóveis, equipamentos de construção e maquinário eletrônico.

O ministério manteve sua avaliação da produção industrial, dizendo que ela está “crescendo gradativamente”.

Segundo resultados de uma pesquisa conduzida pelo ministério e incluída no relatório preliminar, os fabricantes japoneses estimam que a produção industrial avance 0,9% em março antes de salta mais 5,2% em abril.

“No primeiro trimestre, a produção industrial japonesa deve ficar estável ou cair ligeiramente”, disse Daiju Aoki, diretor regional de investimentos da UBS Securities.

A produção industrial, que mede o ritmo das fábricas japonesas, é considerada fundamental para antecipar o desempenho da economia do país, que é altamente dependente do setor manufatureiro.

Do Mundo-Nipo
Fontes: Valor Econômico | New York Times| Nikkei Asian.

Comentários