Notícias

Principais empresas do Japão creem que a economia crescerá em 2016

Foto: Getty

Mais de 60% das empresas apontam a recuperação do consumo privado como fator crucial para o crescimento no Japão.

Quase 90 por cento das principais empresas japonesas esperam expansão econômica em 2016, com muitas projetando que o consumo privado e os gastos com investimentos vão se recuperar após “a lentidão econômica que marcou o ano de 2015”, de acordo com uma pesquisa realizada pela agência japonesa de notícias Kyodo.

Realizada em dezembro e divulgada no sábado (2), a pesquisa consultou 101 das principais empresas do Japão. Do total, 88 companhias disseram que a economia japonesa se expandirá em 2016. Quando questionadas quanto ao ritmo da expansão, duas projetaram forte crescimento e 86 estimaram expansão moderada.

Por outro lado, nove projetaram estabilização econômica, enquanto apenas uma estimou que o crescimento deverá sofrer desaceleração moderada. Vale salientar que nenhuma empresa projetou contração.

Quando perguntadas sobre o motivo que as levaram a estimar crescimento, 63 empresas apontaram a recuperação do consumo privado como um fator importante, enquanto 45 companhias citaram captação de recursos após gastos com investimentos.

O governo do primeiro-ministro Shinzo Abe, que vem tentando colocar a terceira maior economia do mundo em um caminho de recuperação sustentável, vem pedindo para que as empresas aumentem os salários e invistam mais. Segundo ele, o crescimento salarial superando a inflação será vital para o consumo ganhar impulso.

Ainda assim, 71 empresas não esclareceram sua posição quanto às negociações com os sindicatos sobre o aumento salarial anual, que ocorrerá na primavera. Apenas 13 disseram que planejam aumentar os salários.

(Com Agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários