Notícias

Toyota FCV promete ‘mudar o mundo’, diz executivo da Toyota

Movido a hidrogênio e com emissão zero de poluentes, o FCV está em exposição no Salão do Automóvel de São Paulo.

Do Mundo-Nipo

Movido a hidrogênio e com emissão zero de poluentes, o FCV está em exposição no Salão do Automóvel de São Paulo.

Toyota FCV (Foto: Divulgação)

Toyota FCV (Foto: Divulgação)

 

Movido a hidrogênio e com emissão zero de poluentes, o FCV (Fuel Cell Vehicl) da Toyota, que está sendo divulgado nesta edição do Salão Internacional do Automóvel de São Paulo 2014, promete “mudar o mundo”, afirma o vice-presidente de vendas da poderosa marca japonesa, Bob Carter.

O carro-conceito, que deve chegar ao mercado japonês já em 2015, é capaz de rodar até 500 quilômetros com autonomia e o procedimento de recarga leva apenas três minutos. Em termos de desempenho, pode acelerar de 0 a 100 quilômetros por hora em cerca de 10 segundos e atingir velocidade de cruzeiro um pouco superior, de acordo com o informe publicitário da Maggi Motors.

Dotado da tecnologia de célula de combustível, o FCV possui dois tanques de hidrogênio de alta pressão, uma bateria de 21 quilowatts e um sistema de propulsão Hybrid Synergy Drive, que cabe embaixo dos assentos. Com o tanque cheio, o veículo pode fornecer eletricidade suficiente para satisfazer as necessidades diárias de uma casa japonesa média (10 quilowatts por hora) durante mais de uma semana.

Feito para levar até quatro ocupantes, o modelo mede 4,87 metros de comprimento, 1,81 metro de largura, 1,53 metro de altura e 2,78 metros de entreeixos. A fabricante, inclusive, fez questão de exibir o atual carro-conceito ao lado de um dos exemplares que estão rodando pelo mundo em testes para serem aprimorados.

 

Preços

O preço do FCV ainda é um assunto incerto. Segundo a fabricante japonesa, os custos de produção do modelo variam de US$ 50 mil a US$ 100 mil (cerca de R$ 117 mil e R$ 235 mil, respectivamente). Com a produção em larga escala, os valores naturalmente serão reduzidos e devem chegar a R$150 mil.

Serão fornecidas 20 estações de abastecimento de hidrogênio nos Estados Unidos até 2015 e a Toyota promete aumentar essa quantidade para 40 em 2016. Tudo isso terá foco, principalmente, no sul da Califórnia, onde o veículo será lançado em primeira mão.

 

Toyota FCV (Foto: Divulgação)

O FCV está em exposição no Salão do Automóvel de São Paulo, que segue até o dia 9 de novembro no Centro de Convenções do Anhembi (Foto: Divulgação)

 

Outros lançamentos

Veículos como o sedã Avalon e o híbrido Prius Plug-in não serão vistos no Brasil por enquanto. A marca espera uma consolidação do modelo híbrido antes de pensar em trazer a versão recarregável na tomada para cá. O Plug-in pode estrear por aqui entre 2015 e 2016. Já o Avalon não está nos planos da fabricante para importação ao País, mesmo que tenha aparecido em desenhos registrados.

Isso porque a empresa concentra suas importações nas novas gerações dos utilitários RAV4, Hilux e SW4, que devem demorar pelo menos mais um ano para estrear. Esse plano de market share, aliado ao programa Inovar – Auto define, por enquanto, a estratégia dos asiáticos para o Brasil nos próximos anos.

 

A linha completa está disponível em uma das lojas Maggi Motors:

Itu (SP)
Endereço: Avenida Doutor Octaviano Pereira Mendes, 1.188, Centro.
Telefone: (11) 4022-5000.

Americana (SP)
Endereço: Avenida Campos Salles, 900, Vila Jones.
Telefone: (19) 3475-9100.

Industrial.
Telefone: (19) 3565-5800.

Pirassununga (SP)
Endereço: Avenida Germano Dix, 4.972, Vila Industrial.
Telefone: (19) 3565-5800.

Indaiatuba (SP)
Endereço: Avenida Visconde de Indaiatuba, 677, Vila Vitória I.
Telefone: (19) 3825-7000.

Campinas (SP)
Endereço: Avenida José de Souza Campos, 152, Nova Campinas.
Telefone: (19) 3705-7700.

*Texto e fotos é de total responsabilidade da Maggi Motors.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários

Deixe de comentário


*