Notícias

Coreia do Norte diz que Japão corre risco de ver “nuvens nucleares”

Teste nuclear (Foto: Reprodução/Live Leak)

A ameaça é devido aos insistentes pedidos de Japão por mais sanções contra a Coreia do Norte.

A Coreia do Norte disse nesta quarta-feira (4) que o Japão corre sério risco de ver “nuvens nucleares” em seu território. A ameaça deve-se à pressão que Tóquio vem exercendo sobre a comunidade internacional, pedindo por mais sanções ao governo norte-coreano e assim pressionar o regime liderado pelo ditador Kim Jong-um a abandonar seu programa de armas atômicas.

“A pressão do Japão sobre a Coreia do Norte e o aumento da tensão na península coreana são atos suicidas que levarão nuvens nucleares ao arquipélago japonês”, ameaçou Pyongyang em anuncio publicado pela agência estatal de notícias ‘KCNA’.

“Ninguém sabe se essa situação poderá levar a uma guerra nuclear, mas se isso acontecer, o arquipélago japonês ficaria envolto em chamas em um instante”..

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, durante seu discurso na Assembleia Geral da ONU, no mês passado, pediu mais pressão sobre a comunidade internacional para que o regime de Pyongyang acabe com seus desenvolvimentos armamentísticos.

“Precisamos forçar a Coreia do Norte a abandonar todos os seus programas de mísseis nucleares e balísticos de forma completa e irreversível, afirmou o líder japonês. “O que faz falta não é o diálogo, mas a pressão”, completou.

A tensão na península coreana aumentou depois que a Coreia do Norte realizou uma série de testes de mísseis nucleares e balísticos.

A última vez que Coreia do Norte realizou um teste de mísseis foi em 15 de setembro passado. O projétil voou sobre o espaço aéreo do Japão antes de cair no Oceano Pacífico.

O Conselho de Segurança da ONU anunciou em 11 de setembro o pacote de sanções mais rigorosas até agora contra a Coreia do Norte.

A resolução de sanções 2375 limitou a exportação de petróleo para Pyongyang e proibiu a Coreia do Norte de importar produtos têxteis.

Contudo, Shinzo Abe defende que as sanções à Coreia do Norte também ocorra de forma individual por parte de cada nação membro das Nações Unidas.

Veja abaixo vídeo com alguns testes nucleares “reais”:

Do Mundo-Nipo

Fontes: TRT Internacional | NHK World News Japan.

Comentários